Robin Hood às avessas: software, pirataria e direito autoral

Autores

  • Marcos Vinício Chein Feres Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
  • Jordan Vinícius de Oliveira Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
  • Daniel Domingues Gonçalves Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Palavras-chave:

Direitos autorais, Pirataria, Propriedade intelectual, Programa de computador

Resumo

Como a pirataria influencia o mercado de programas de computador? A presente pesquisa visa analisar os efeitos respectivos da pirataria tanto para as grandes corporações quanto para os pequenos desenvolvedores de software. O plano teórico é composto pelas teorias de viver plenamente a lei e de luta por reconhecimento. A análise do tipo qualitativa é atingida por meio do método das regras de inferência. Os principais resultados são de que as leis de propriedade intelectual acabam por viabilizar o monopólio de mercado em vez da inovação competitiva e de que a pirataria de software mais ajuda do que prejudica as grandes corporações do setor, pois ela dificulta novos desenvolvedores a entrar nesse mercado. Logo, juridicamente, a restauração do papel das leis de propriedade intelectual pode tornar possível uma melhor proteção jurídica, bem como auxiliar a disseminar o acesso ao conhecimento, considerando a inovação tecnológica nesse mercado.

Downloads

Publicado

2017-05-30

Edição

Seção

Artigos