História e imagem artística: por uma abordagem tríplice

Autores

  • Artur Freitas

Resumo

Este artigo pretende propor um conjunto de princípios metodológicos básicos ao uso historiográfico da imagem artística como documento, com ênfase no axioma de que as fontes visuais, sobretudo as de arte, têm três grandes dimensões históricas de análise: a formal, a semântica e a social. Recorrendo à contraposição temática das principais metodologias disponíveis, o artigo exemplifica, sempre que possível, suas maiores incoerências ou virtudes, para daí deduzir uma série bastante aberta de propostas metodológicas. A conclusão, por fim, é de que se deve privilegiar justamente a interação entre as dimensões da imagem, escapando tanto das opções deterministas quanto das vertentes ontológicas do formalismo.

Downloads

Publicado

2004-01-10