O campo na selva, visto da praia.

Autores

  • Eduardo Viveiros de Castro

Resumo

Especialista nas sociedades ameríndias, o autor, antropólogo formado no Museu Nacional em meados dos anos 70, sublinha a importância desta formação, bem como seu trabalho etnográfico com dois grupos indígenas, os Yawalapiti do Ato Xingu e os Araweté de Ipixuna. Relacionando o panorama teórico e institucional da etnologia indígena sul-americana com a teoria antropológica contemporânea, o autor apresenta, para concluir, o estado atual de seu projeto de pesquisa sobre a teoria do parentesco.

Downloads

Publicado

1992-07-30