Crédito e Pequena Cafeicultura no Oeste Paulista: FRANCA/SP 1890-1914

Autores

  • Pedro Geraldo Tosi Unesp
  • Rogério Naques Faleiros Facamp
  • Rodrigo da Silva Teodoro FFLCH-Usp

Resumo

Este artigo versa sobre a importância da pequena cafeicultura no complexo cafeeiro entre 1890 e 1914. Discutimos aqui as relações de trabalho, as formas de financiamento e o modo como a pequena propriedade se insere neste universo. Utilizamos como fontes prioritárias os contratos de trabalho que envolviam a formação e/ou o trato de cafeeiros e as escrituras de dívidas hipotecárias, ambas lavradas nos Livros Cartoriais, fontes estas ainda não trabalhadas pela historiografia de forma mais sistemática. Desviamos nosso olhar para uma região marcada predominantemente pelas pequenas e médias fazendas produtoras de café, observando a dinâmica da acumulação em um período de expansão e de crise da cafeicultura.

Biografia do Autor

Pedro Geraldo Tosi, Unesp

Professor do Departamento de Educação, Ciências Sociais e Política Internacional da UNESP – Campus de Franca. Doutor em Economia Aplicada (Área de Concentração: História Econômica) pelo Instituto de Economia da UNICAMP

Rogério Naques Faleiros, Facamp

Doutor em Economia Aplicada pelo Instituto de Economia da UNICAMP. Área de Concentração: História Econômica (Fapesp). Professor das Faculdades de Campinas (FACAMP).

Rodrigo da Silva Teodoro, FFLCH-Usp

Rodrigo da Silva Teodoro cursava Doutorado em História Econômica pela FFLCH/ USP. Faleceu em junho de 2007.

Publicado

2007-03-31

Edição

Seção

Artigos