Avaliação de políticas públicas: uma revisão teórica de um campo em construção

Conteúdo do artigo principal

Andrei Pittol Trevisan
Hans Michael Van Bellen

Resumo

Este artigo realiza um resgate teórico da literatura sobre a área de políticas públicas em geral, e de avaliação de políticas públicas especificamente. O conhecimento teórico-histórico de um dado campo do conhecimento é essencial para sua práxis, para uma melhor compreensão dos seus desdobramentos, sua trajetória e perspectivas. O artigo começa com uma explanação sobre políticas públicas, sua origem e dimensões conceituais. Continua com uma discussão a respeito dessa temática no Brasil, princi- palmente nos últimos anos. A avaliação de políticas públicas é observada com maior profundidade, atravessando diversas definições conferidas pela literatura. Destaca-se a identificação de três fases da avaliação desde a década de 1960 até os dias atuais. Posteriormente, apresentam-se metodologias de avaliação de políticas públicas, suas diversas classificações, timing, posição do avaliador, critérios e estruturação. Por fim, a possibilidade de aplicação de metaavaliações, assim como o surgimento de novas issues que se impõem ao contexto democrático-participativo brasileiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Trevisan, A. P., & Bellen, H. M. V. (2008). Avaliação de políticas públicas: uma revisão teórica de um campo em construção. Revista De Administração Pública, 42(3), 529 a 550. Recuperado de https://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rap/article/view/6644
Seção
Artigos