[1]
C. W. Bergamini, “A difícil administração das motivações”, RAE, vol. 38, nº 1, p. 6–17, jan. 1998.