Renascença da indústria brasileira de filmes: destinos entrelaçados?

Conteúdo do artigo principal

Charles Kirschbaum

Resumo

O objetivo é contribuir para a investigação sobre a dinâmica de campos organizacionais a partir de uma abordagem de análise de redes. Para isso, foi reconstruída a rede da indústria brasileira de filmes de 1994 a 2002 e analisados os fatores de previsão da performance individual, explorando sua relação com as características relevantes dos indivíduos. O papel categórico (ator, diretor, produtor) é um dos elementos mais poderosos de previsão da performance individual entre 1994 e 1996. Entretanto, em períodos subseqüentes, outras variáveis estratégicas ganham maior relevância, tais como o reconhecimento individual, a centralidade e a equivalência estrutural. Esses resultados sugerem que, em uma indústria em rede e que se encontra em desenvolvimento, o sucesso coletivo é mais importante que o sucesso individual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
KIRSCHBAUM, C. Renascença da indústria brasileira de filmes: destinos entrelaçados?. RAE-Revista de Administração de Empresas, [S. l.], v. 46, n. 3, p. 58–71, 2006. Disponível em: https://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rae/article/view/37204. Acesso em: 24 maio. 2022.
Seção
Fórum