Made in China: o dilema da WEG para manter-se competitiva no mercado chinês

Conteúdo do artigo principal

Larissa Isabelle Jarschel
Dinorá Eliete Floriani
Gabrielle Damo Rossato

Resumo

A WEG é uma multinacional brasileira que por meio de uma internacionalização gradual e contínua inaugurou sua primeira fábrica no mercado chinês em 2005. Com suas principais concorrentes presentes fortemente na China, um país com grandes diferenças culturais, sociais e políticas, a empresa se viu em um dilema após sua trajetória de entrada no país: expandir-se frente às concorrentes ou adquirir espaço de forma cautelosa. A utilização deste caso é indicada para disciplinas de graduação e pós-graduação – stricto e lato sensu – que trabalham temáticas da internacionalização de empresas, negócios internacionais e gestão internacional.

Detalhes do artigo

Seção
Casos