Estratégia como prática social e teoria da ação comunicativa: possíveis aproximações teóricas

Autores

  • Elisa Zwick Universidade Federal de Lavras
  • Isabel Cristina da Silva Universidade Federal de Lavras
  • Mozar José de Brito Universidade Federal de Lavras

Resumo

Este artigo visa a discutir as possíveis aproximações teóricas entre a estratégia como prática social (EPS) e a teoria da ação comunicativa (TAC), instituída por Jürgen Habermas. Almejou-se construir um diálogo analítico, destacando as interfaces que podem ser estabelecidas entre esses construtos. Especificamente, buscou-se: (i) descrever o arcabouço teórico da estratégia como prática social; (ii) discutir os aspectos conceituais da teoria da ação comunicativa; e (iii) apresentar as possíveis aproximações teóricas entre a estratégia como prática social e a teoria da ação comunicativa. Argumenta-se que a TAC tem elementos interessantes a contribuir com a estratégia como prática e que, por esse motivo, é necessário explorar as aproximações teóricas. Desse modo, este artigo contribui singularmente para associar o pensamento habermasiano às perspectivas teóricas da estratégia como prática social, especialmente em seus elementos razão e verdade, entendimento e consenso, que ensejam contribuições substanciais da racionalidade comunicativa para a estratégia como prática social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elisa Zwick, Universidade Federal de Lavras

Professora Assistente I do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal de Alfenas. Mestre e doutoranda em Administração pela Universidade Federal de Lavras, UFLA. Graduada em Administração pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, Unijuí. Possui experiência em Tutoria na Coordenadoria de Educação a Distância no Departamento de Estudos da Administração da Unijuí, onde atuou nos cursos superiores de Tecnologia Gestão Pública, Gestão de Cooperativas e Marketing, vinculados ao DEAd. Atuou como Tutora do curso de Bacharelado em Administração Pública da UFLA. Possui experiência na área de Administração e docente no Ensino Fundamental, Médio e Superior, com ênfase em Teorias da Administração Pública, Gestão de Cooperativas e Gestão Social. Possui interesse de pesquisa nos temas voltados aos estudos críticos em teoria da administração, tais como: organizações substantivas, gestão de cooperativas, gestão pública, gestão social, sociologia das organizações, relações de poder e burocracia.

Isabel Cristina da Silva, Universidade Federal de Lavras

Graduada em Administração pela PUC (Arcos), Mestre e Doutoranda em Administração pela UFLA

Mozar José de Brito, Universidade Federal de Lavras

Professor Doutor da Universidade Federal de Lavras. Atualmente é Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1C. Possui Graduação em Administração Rural pela Universidade Federal de Lavras (1988), mestrado em Administração pela Universidade Federal de Lavras (1993) e doutorado em Administração pela Universidade de São Paulo (2000).

Downloads

Publicado

2014-08-12

Como Citar

Zwick, E., Silva, I. C. da, & Brito, M. J. de. (2014). Estratégia como prática social e teoria da ação comunicativa: possíveis aproximações teóricas. Cadernos EBAPE.BR, 12(Especial), 384 a 400. Recuperado de https://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/cadernosebape/article/view/8694

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)