Trabalhador-consumidor: a atração de jovens pelo employer branding na escolha profissional

Conteúdo do artigo principal

Andrea Poleto Oltramari
Rosana Córdova
Maria José Tonelli

Resumo

O objetivo neste artigo discutir criticamente a importância da marca para a escolha profissional de jovens estudantes de graduação que prospectam vagas em empresas. A pesquisa A pesquisa se baseia no aparato conceitual contemporâneo de employer branding, consumo e estilo de vida, prosumption e cocriação. Os procedimentos de coleta de dados incluíram entrevistas semiestruturadas com dezoito estudantes ao final do curso de Administração de uma Universidade Federal no sul do país. Os principais resultados apontam que os jovens tornam-se prosumidores das marcas empregadoras; que a carreira amparada pela busca da melhor marca mostra-se como uma empreitada e está associada a trabalhos intermitentes, o que torna as relações de trabalho cada vez mais vulneráveis. Mas, apesar de o jovem trabalhador escolher a marca empregadora, esta parece não ter atrativos suficientes para retê-lo numa carreira a longo prazo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Oltramari, A. P., Córdova, R., & Tonelli, M. J. (2019). Trabalhador-consumidor: a atração de jovens pelo employer branding na escolha profissional. Cadernos EBAPE.BR, 17(Especial), 750–764. Recuperado de https://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/cadernosebape/article/view/76652
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Andrea Poleto Oltramari, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

(EA/PPGA/UFRGS :professor Adjunto e Pesquisadora.

Rosana Córdova, Universidade Federal do Rio Grande do Sul/Programa de Pós-Graduação em Administração

Programa de Pós-Graduação em Administração; pós-doutoranda

Maria José Tonelli, Fundação Getúlio Vargas - EAESP

Docente e Pesquisadora FGV - EAESP

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)