As competências gerenciais dos reitores de universidades federais em Minas Gerais: a visão da alta administração

Autores

  • Angelo Brigato Ésther

Resumo

No âmbito da gestão empresarial, há muito se discute a questão das competências gerenciais, cuja articulação deve culminar com o alcance dos objetivos organizacionais. Tal lógica tem penetrado o domínio da gestão pública. As universidades públicas, especialmente as federais, vêm experimentando mudanças em sua atuação desde meados da década de 1990, quando se buscou a implementação da chamada “gestão pública gerencial”. O objetivo do artigo é analisar as competências atribuídas aos reitores de universidades federais, com a expectativa de contribuir para maior compreensão de sua ação. Para tanto, foram entrevistados reitores, vice-reitores e pró-reitores de oito universidades federais, todas localizadas em Minas Gerais. Os resultados expressam a predominância da competência política, faltando-lhes, entretanto, o domínio de outras consideradas relevantes para os gestores públicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-01-01

Como Citar

Ésther, A. B. (2011). As competências gerenciais dos reitores de universidades federais em Minas Gerais: a visão da alta administração. Cadernos EBAPE.BR, 9(Especial), 648 a 667. Recuperado de https://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/cadernosebape/article/view/5446