Gestão de pessoas na indústria criativa: o caso dos estúdios de animação brasileiros

Conteúdo do artigo principal

Marta Corrêa Machado
André Luiz Fischer

Resumo

Esta pesquisa visa entender a gestão de pessoas na indústria criativa a partir do estudo de um de seus segmentos, os estúdios de anima­ção. Partindo da conceituação de Chaston (2008) de indústria criativa como o encontro entre negócio e cultura, observou-se o dilema entre a realização artística e os objetivos comerciais presente também nesse segmento da indústria. No estudo, pudemos aprofundar o entendi­mento sobre como esse dilema se reflete na operação da gestão de pessoas nesses estúdios brasileiros. Para entender essa questão foi con­duzida uma pesquisa qualitativa através de estudos de casos em quatro produtoras nacionais nos quais foram entrevistados um funcionário e um sócio de cada empresa. Os dados encontrados apontam que ainda é incipiente a gestão de pessoas nesses ambientes, embora esteja presente a noção de que esses são os recursos principais que movem essas empresas. Foi observado ainda que a retenção dos colaborado­res ocorre muito mais pela sua identificação com a atividade em si do que por outras retribuições, como salário ou garantias trabalhihstas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Machado, M. C., & Fischer, A. L. (2017). Gestão de pessoas na indústria criativa: o caso dos estúdios de animação brasileiros. Cadernos EBAPE.BR, 15(1), 132–151. Recuperado de https://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/cadernosebape/article/view/53019
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Marta Corrêa Machado, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduada em Jornalismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e mestre em Administração pela Faculdade de Economia Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo. Atualmente é professora e pesquisadora do Curso de Cinema da Universidade Federal de Santa Catarina.

André Luiz Fischer, Universidade de São Paulo / Faculdade de Faculdade de Economia Administração e Contabilidade, São Paulo – SP

Graduado em Ciências Políticas e Sociais, mestre em Ciências Sociais e doutor em Administração de Empresas pela Faculdade de Economia Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo.  Atualmente é professor e pesquisador da Faculdade Economia Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo.