O campo científico da administração: uma análise a partir do círculo das matrizes teóricas

Conteúdo do artigo principal

Elinaldo L. Santos

Resumo

Este ensaio é produto de uma reflexão sobre o desenvolvimento científico da administração. Propõe-se a analisar a trajetória do campo, a partir de suas bases teóricas, refletindo acerca da problemática epistemológica de estarmos diante de um saber que sequer tem claramente definido o seu objeto de estudo. Dessa forma, mediante inspiração no conceito de círculo das matrizes epistêmicas, concebido por Paes de Paula (2015), são realizadas análises com base em três matrizes de conhecimento (Estudos Ortodoxos, Estudos Organizacionais e Estudos Críticos), descrevendo suas trajetórias e destacando a necessidade de um (re)posicionamento e de uma ressignificação do seu objeto científico. Por fim, são feitas algumas considerações a respeito das discussões sobre o desenvolvimento do campo da administração, a fim de instigar os pesquisadores da área a fazerem reflexões mais profundas sobre as bases epistemológicas dessa ciência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Santos, E. L. (2017). O campo científico da administração: uma análise a partir do círculo das matrizes teóricas. Cadernos EBAPE.BR, 15(2), 209–228. Recuperado de https://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/cadernosebape/article/view/52841
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Elinaldo L. Santos, UESB

Doutor em Administração (EAUFBA/UTAD), Mestre em Economia (FCE/UFBA) e Bacharel em Administração (UESC). Professor Adjunto do Departamento de Ciências Sociais Aplicadas da UESB. Coordenador do Grupo de Pesquisa em Administração Política do Desenvolvimento.