Para além da homogeneidade cultural: a cultura organizacional na perspectiva subnacional

Conteúdo do artigo principal

Henrique Muzzio
Francisco José da Costa

Resumo

Este artigo tem como objetivo discutir os estudos culturais organizacionais e propor um modelo teórico de análise a partir de uma nova dinâmica espacial que leva em consideração as interações sociais marcadas pela relação entre o global e o local. Sua importância decorre da proposição de um modelo que analisa a cultura organizacional sobre um prisma subnacional, superando a visão homogênea de cultura nacional. O pressuposto é que diante da existência de novas condições sociais da pós-modernidade, as organizações precisam ser interpretadas também à luz dos valores culturais regionais. Assim, a partir do modelo apresentado, propomos uma explicação de como as forças globais e regionais interagem através de fluxos culturais, e como influenciam o contexto cultural organizacional. São discutidas ainda implicações práticas desta abordagem em algumas áreas organizacionais que são naturalmente mais influenciados pelo contexto cultural. Uma evidência prática é discutida a partir do contexto cultural brasileiro. Ao final, são feitas proposições para futuras pesquisas com o intuito de consolidar o modelo teórico, e dar robustez ao campo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Muzzio, H., & Costa, F. J. da. (2012). Para além da homogeneidade cultural: a cultura organizacional na perspectiva subnacional. Cadernos EBAPE.BR, 10(1), 146 a 161. Recuperado de https://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/cadernosebape/article/view/5250
Seção
Artigos