Revisitando a identidade do relacionamento marca-consumidor: repensando as estruturas nessas relações comerciais

Conteúdo do artigo principal

Sérgio C. B. de M.
Francisco Ricardo Bezerra Fonsêca

Resumo

Na literatura de marketing de relacionamento, o construto identidade é vital para compreendermos a(s) maneira(s) pela(s) qual(is) as relações comerciais são iniciadas, desenvolvidas, mantidas e dissolvidas ao longo do tempo. Este artigo visa desvelar o significado da identidade do relacionamento marca-consumidor, com vistas a compreender que propriedades relacionais são consideradas relevantes pelos parceiros que pretenderem se engajar em uma relação dessa natureza. O estudo foi realizado por meio de abordagem qualitativa, inspirada no método fenomenológico, efetuando-se entrevistas em profundidade com gerentes de uma grande rede de fast-food. No plano analítico foi utilizada a redução fenomenológica visando à identificação da essência da identidade desse relacionamento e à interpretação de seus significados. Nas interações marca-consumidor, as propriedades relacionais identificadas com o construto identidade foram: identificação, valência e relevância, marca-signo, convergência de valores e reconhecimento. Em suma, ao proporcionar aos parceiros o emergir da confiança, do espaço social da "casa", da identificação, por exemplo, a identidade do relacionamento assegura a longevidade do mesmo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
M., S. C. B. de, & Fonsêca, F. R. B. (2008). Revisitando a identidade do relacionamento marca-consumidor: repensando as estruturas nessas relações comerciais. Cadernos EBAPE.BR, 6(3), 1 a 19. Recuperado de https://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/cadernosebape/article/view/5087
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)