Análise do impacto do progresso tecnológico nos custos do tratamento hospitalar: o caso do tratamento para litíase urinária no Hospital Universitário de Brasília

Conteúdo do artigo principal

Patrícia de Souza Costa
César Augusto Tibúrcio Silva

Resumo

O progresso tecnológico na área de saúde tem provocado a elevação dos custos da assistência médica, preocupando a população mundial, os agentes privados e os responsáveis pelas políticas públicas. Este trabalho apresenta uma análise do impacto do progresso tecnológico – delimitado, neste estudo, à incorporação de equipamentos médicos – nos custos do tratamento hospitalar. Para cumprir o objetivo, foram escolhidos os tratamentos médicos para litíase urinária – litotripsia e cirurgia – devido ao histórico de relevantes avanços tecnológicos. O estudo de caso foi realizado no Serviço de Litotripsia e no Centro Cirúrgico do Hospital Universitário de Brasília (HUB), no período de 2001 a 2003. Foram comparados os custos e as receitas diferenciais das alternativas de tratamento para calculose urinária em quatro opções de decisão. Para testar a robustez dos resultados, foi incorporada a variável incerteza, por meio de simulações no sistema Crystall Ball, realizando 50.000 iterações. Os principais impactos do progresso tecnológico nos custos do tratamento para litíase urinária são: aumento da capacidade instalada, geração de despesa com obsolescência e aumento das receitas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Costa, P. de S., & Silva, C. A. T. (2006). Análise do impacto do progresso tecnológico nos custos do tratamento hospitalar: o caso do tratamento para litíase urinária no Hospital Universitário de Brasília. Cadernos EBAPE.BR, 4(1), 1 a 15. Recuperado de https://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/cadernosebape/article/view/4964
Seção
Artigos