Controle: perspectivas de análise na teoria das organizações

Conteúdo do artigo principal

Fernando Ramalho Martins

Resumo

Este artigo tem por objetivo promover uma discussão acerca do controle na teoria das organizações. Nesse sentido, definiremos o termo a partir de duas diferentes perspectivas, uma de cunho funcionalista, com ênfase nos aspectos coordenativos e funcionais do controle em relação ao organismo organizacional, e uma segunda de cunho crítico, enfatizando a explicitação das contradições sociais inerentes ao fenômeno. Em meio a essa discussão, apresentaremos a economia política do poder por considerar que essa corrente de pensamento é uma das poucas, nos estudos organizacionais, a abordar a temática em conformidade com a segunda perspectiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Martins, F. R. (2006). Controle: perspectivas de análise na teoria das organizações. Cadernos EBAPE.BR, 4(1), 1 a 14. Recuperado de https://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/cadernosebape/article/view/4961
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)