A nova teoria institucional em estudos organizacionais: uma abordagem crítica

Conteúdo do artigo principal

Alketa Peci

Resumo

Nesse artigo apresento uma abordagem crítica do novo institucionalismo, destacando, principalmente, a incoerência interna dessa corrente atualmente dominante nos estudos organizacionais. Na primeira parte do artigo, faço um breve histórico do uso do conceito de instituição nos estudos sociais. Em seguida, analiso a contribuição do novo institucionalismo, mostrando as pesquisas de alguns dos principais representantes dessa linha de estudos. Segue-se uma análise crítica que evidencia, principalmente, as diferentes abordagens que caracterizam a escola, bem como sua incoerência em termos de níveis de análise e bases paradigmáticas. Na conclusão, argumento que o novo institucionalismo não pode ser considerado uma "escola" ou corrente consolidada de estudos organizacionais, uma vez que nele há pontos cruciais de divergência teórica, com implicações empíricas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Peci, A. (2006). A nova teoria institucional em estudos organizacionais: uma abordagem crítica. Cadernos EBAPE.BR, 4(1), 1 a 12. Recuperado de https://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/cadernosebape/article/view/4959
Seção
Artigos