Show simple item record

dc.contributor.advisorGomes, Ângela Maria de Castro
dc.contributor.authorCosta, Carina Martins
dc.date.accessioned2012-01-13T16:54:17Z
dc.date.available2012-01-13T16:54:17Z
dc.date.issued2011
dc.identifier.citationCOSTA, Carina Martins. Uma arca das tradições: educar e comemorar no Museu Mariano Procópio. Tese (Doutorado em História, Política e Bens Culturais) - FGV - Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 2011.por
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/8991
dc.description.abstractThis thesis is a reflection on the making o Brazilian History writings in museums since the 1920s, a central moment for the establishment of a republican 'pedagogy of nationality' based on museal support. Some of the political-pedagogic efforts of those institutions were observed in order to understand the chief characteristics of an educational paradigm for historical knowledge in museums. Thus, the analysis of civic celebrations, guides and expositions allowed an approximation of the memorial activations of museum actors, with special attention to the continuities, negotiations and transformations o the projects, particularly in their pedagogic dimension. Mariano Procópio Museum was chosen as a case study both due to its specificities, which leads us to understand the 'concert' of national museums from the countryside, and to the relevance of its collection and the intensity of educational actions developed under the Geralda Armond management (1944-1980). The Armond management in the center of this thesis, marked by the defense of institutional continuity and of the framing of the Lage family memory; by the struggle of the material maintenance of the museum, with a close approximation to the civilian and military regime; and by the search for the professionalization of personnel and for dynamism in actions. The results highlight the multiplicity and fragility of the museum’s identity formation, associated to the fact that it is a 'municipal' museum. A situation which explains, at least in part, its oblivion in the national scene, despite its expressive collection and its articulation with the school system, through the strengthening of the civic sense of its pedagogic actions.eng
dc.description.abstractEsta tese é uma reflexão sobre a construção de escritas da História do Brasil em museus, a partir da década de 1920, momento fulcral para o estabelecimento de uma 'pedagogia da nacionalidade' republicana, que tem por suporte o discurso museal. Alguns dos esforços político-pedagógicos dessas instituições foram observados, com o objetivo de compreender as principais características de um paradigma educativo para o saber histórico nos museus. Assim, a análise das comemorações cívicas, dos guias de divulgação e das exposições permitiu uma aproximação das ativações memoriais ensejadas pelos atores dos museus, com atenção para as continuidades, as negociações e as transformações dos projetos, especialmente em sua dimensão pedagógica. O Museu Mariano Procópio foi selecionado para a realização de um estudo de caso, tanto por suas especificidades, que nos induzem a pensar o 'concerto' dos museus nacionais a partir do interior do país como pela relevância de seu acervo e pela intensidade de ações educativas desenvolvidas na gestão de Geralda Armond (1944-1980). A gestão Armond é o foco da tese, sendo marcada pela defesa da continuidade institucional e do enquadramento da memória da família Lage; pela luta pela sustentação material do Museu, inclusive com uma forte aproximação com o regime civil e militar; e pela busca da profissionalização de quadros e do dinamismo das ações. Os resultados atentam para a multiplicidade e fragilidade na construção identitária do Museu, associada ao fato de ser um museu 'municipal'. Uma situação que explica, ao menos em parte, seu esquecimento no cenário nacional a despeito de seu acervo expressivo e das articulações encetadas com o sistema escolar, por meio do fortalecimento do sentido cívico de suas ações pedagógicas.por
dc.language.isopor
dc.rightsTodo cuidado foi dispensado para respeitar os direitos autorais deste trabalho. Entretanto, caso esta obra aqui depositada seja protegida por direitos autorais externos a esta instituição, contamos com a compreensão do autor e solicitamos que o mesmo faça contato através do Fale Conosco para que possamos tomar as providências cabíveis.por
dc.subjectMariano Procópio Museumeng
dc.subjectEducation in museumseng
dc.subjectInstitutional historyeng
dc.subjectHistorical museumseng
dc.subjectMuseu Mariano Procópiopor
dc.subjectEducação em museuspor
dc.subjectHistória institucionalpor
dc.subjectMuseus históricospor
dc.titleUma arca das tradições: educar e comemorar no Museu Mariano Procópiopor
dc.typeThesiseng
dc.subject.areaHistóriapor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::CPDOCpor
dc.subject.bibliodataMuseu Mariano Procópiopor
dc.subject.bibliodataMuseus históricospor
dc.subject.bibliodataMuseus - Aspectos educacionaispor
dc.subject.bibliodataHistoriografiapor
dc.contributor.memberOliveira, Lúcia Lippi
dc.contributor.memberOliveira, Cecília Helena de Salles
dc.contributor.memberChagas, Mário de Souza
dc.contributor.memberMiranda, Sonia Regina
dc.contributor.memberMotta, Marly Silva da


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record