Show simple item record

dc.contributor.authorCastelar, Armando
dc.date.accessioned2022-06-13T18:12:02Z
dc.date.available2022-06-13T18:12:02Z
dc.date.issued2017-01
dc.identifier.citationReformapor
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10438/32090
dc.description.abstractReformas e retomada do crescimento são temas que há tempos andam juntos: uma pesquisa no Google com essas três palavras dá cerca de 517 mil resultados, a maioria apontando que reformas são necessárias para o Brasil retomar o crescimento. A relação entre os dois temas passa pelo desempenho da produtividade. As estimativas mostram que no Brasil a razão PIB por trabalhador cresceu entre 0,0% e 0,2% ao ano, em média, de 1980 a 2016. Com o fim do bônus demográfico, no final desta década, se mantivermos esse péssimo desempenho o Brasil entrará em uma rota de queda ou pelo menos estagnação da renda per capita.por
dc.language.isopor
dc.publisherFGV IBREpor
dc.relation.ispartofseriesTextos para discussão; Janeiro 2017por
dc.subjectReformapor
dc.titleReformaspor
dc.typeArticleeng
dc.subject.areaEconomiapor
dc.contributor.unidadefgvInstitutos::IBREpor
dc.subject.bibliodataReformapor
dc.subject.bibliodataCrescimentopor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record