Show simple item record

dc.contributor.advisorSant'anna, Anderson de Souza
dc.contributor.authorBrazil, Karina Rodrigues Camargo
dc.date.accessioned2021-04-08T17:58:41Z
dc.date.available2021-04-08T17:58:41Z
dc.date.issued2021-03
dc.identifier.citationBrazil, Karina Rodrigues Camargo. Competências individuais e Ensino Superior na Quarta Revolução Industrial: um estudo bibliométrico. Dissertação de Mestrado. Fundação Getulio Vargas (EAESP), 2021.por
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10438/30323
dc.description.abstractA presente pesquisa analisa o panorama da literatura acadêmica que discute as competências individuais no cenário da Quarta Revolução Industrial (Indústria 4.0 ou 4ªRI) considerando a esfera da Educação Superior. Do ponto de vista metodológico, o estudo pode ser caracterizado como descritivo, de abordagem quantitativa, enquanto método, tendo a Bibliometria, enquanto técnica de análise. A opção é por uma análise bibliométrica objetiva com o intuito de identificar a evolução das discussões sobre o tema em artigos publicados na literatura acadêmica multidisciplinar entre 2010 e 2020, além de identificar indicadores que marcam o panorama da literatura acadêmica e avanços que o debate tem alcançado no cenário mundial. A partir da utilização da Bibliometria, o estudo revela alguns indicadores como a expansão geográfica da discussão, as áreas em que o debate tem sido difundido e pesquisadores dedicados ao tema. As análises evidenciam que o debate acadêmico acerca das competências individuais e a educação superior no cenário da 4ª RI tem evoluído na literatura acadêmica multidisciplinar e, apesar de não ter atingido seu nível de maturidade, pela recenticidade do assunto, tem-se tornado objeto científico de alcance global na comunidade acadêmica, inclusive alcançando praticamente todos os continentes do planeta. A pesquisa também constata a presença de estratégias de convencimento e popularização da Indústria 4.0 e sua proposta universal, especificamente a partir do World Economic Forum – WEF, ou seja, parece haver, a partir dos indicadores coletados, provável relação de causalidade entre o primeiro evento do WEF destinado a abordar a Quarta Revolução Industrial, em 2016, e o aumento significativo da literatura acadêmica sobre o tema foco desta pesquisa. Por fim, tecem-se reflexões sobre essa possível causalidade e o avanço da produção acadêmica pautada em uma agenda notadamente neoliberal.por
dc.language.isopor
dc.subjectAnálise Bibliométricapor
dc.subjectCompetências Individuaispor
dc.subjectEducação Superiorpor
dc.subjectIndústria 4.0por
dc.subjectQuarta Revolução Industrialpor
dc.titleCompetências individuais e ensino superior na Quarta Revolução Industrial: um estudo bibliométricopor
dc.typeDissertationeng
dc.subject.areaAdministração de empresaspor
dc.subject.areaCiências sociaispor
dc.subject.areaEducaçãopor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EAESPpor
dc.subject.bibliodataCompetências essenciaispor
dc.subject.bibliodataBibliometriapor
dc.subject.bibliodataEnsino superiorpor
dc.subject.bibliodataTecnologia e civilizaçãopor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record