Show simple item record

dc.contributor.advisorTargino, Rodrigo dos Santos
dc.contributor.authorBorghi, Matheus Muniz
dc.date.accessioned2020-09-28T17:19:37Z
dc.date.available2020-09-28T17:19:37Z
dc.date.issued2020-07
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10438/29696
dc.description.abstractO crédito desempenha um importante papel na sociedade. Os agentes com necessidade de dinheiro assumem um compromisso futuro com outros agentes não tão necessitados. Dentre inúmeras formas, a que me proponho a estudar nesse trabalho se refere ao crédito emitido a empresas. Uma análise sobre os atuais modelos de risco de crédito é feita no Capítulo 1. Esse artigo é uma aplicação ao mercado norte-americano de um trabalho feito por (AGRAWAL; MAHESHWARI, 2014). Nesse trabalho, o autor se propõe a estabelecer uma relação entre a sensibilidade a variáveis macroeconômicas e risco de crédito de empresas para o mercado indiano. No Capítulo 2, descreve-se a construção da base de dados e se define o modelo. Uma conquista desse estudo é uma base de dados de default construída a partir de relatórios da S&P. Os resultados são discutidos e comparados no Capítulo 3. As sensibilidades à taxa de inflação e ao mercado de ações mostram relevância estatística, porém não é suficiente para a construção de um bom modelo de risco de crédito. É expressiva a importância do mercado de crédito à alocação de recursos de maneira eficiente e, portanto, à sociedade.por
dc.description.abstractCredit plays an important role in society. Agents needing cash make a future commitment to other agents that not need it. Among several other ways, the one I propose to study in this article refers to credit issued to companies. An analysis of the current credit risk models is made in Capítulo 1. This article is an application to the American financial market of the work done in (AGRAWAL; MAHESHWARI, 2014). In this work, the author tries to stablish a relationship between sensitivity to various macroeconomic variables and credit risk of companies in the Indian market. Capítulo 2 describes the assembly of the database and defines the model. A major result of this study is a database of corporate default built from S&P reports. The results are discussed and compared in Capítulo 3. Inflation and the stock market sensitivities show relevant statistics, but they are not sufficient to build a corporate credit risk model. The importance of the credit market to allocating resources efficiently, and therefore to society, is significant.eng
dc.language.isopor
dc.subjectMatemáticapor
dc.subjectFinançaspor
dc.subjectRisco de créditopor
dc.subjectVariáveis macroeconômicaspor
dc.subjectRegressãopor
dc.subjectMercado de capitaispor
dc.subjectMercado financeiropor
dc.subjectMathematicseng
dc.subjectFinanceseng
dc.subjectCredit Riskeng
dc.subjectMacroeconomic variableseng
dc.subjectRegressioneng
dc.subjectCapital Marketseng
dc.subjectFinancial Marketseng
dc.titleImpacto da sensibilidade a variáveis macroeconômicas no risco de crédito corporativo norte-americanopor
dc.typeTCeng
dc.subject.areaMatemáticapor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EMAppor
dc.subject.bibliodataRisco (Economia) - Modelos econométricospor
dc.subject.bibliodataMercado de capitaispor
dc.contributor.memberSaporito, Yuri Fahham
dc.contributor.memberFavero, Federico


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record