Show simple item record

dc.contributor.advisorFaria, Alexandre de A.
dc.contributor.authorChaves, Karine Almeida
dc.date.accessioned2020-03-17T17:04:26Z
dc.date.available2020-03-17T17:04:26Z
dc.date.issued2019-12-20
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10438/28902
dc.description.abstractObjetivo – O objetivo desta pesquisa é investigar um programa de aprendizado pela ação em uma organização de desenvolvimento no Brasil, considerando o contexto de dinâmicas de resistência-conformidade em que a organização e o programa estão inseridos. Metodologia – O estudo, de natureza qualitativa com co-criação de dados, foi realizado por meio de entrevistas não estruturadas e semiestruturadas, pesquisas bibliográfica e documental, diários de campo, notas e observações dos participantes. Resultados – Diante de um momento de crise, em que houve necessidade de romper com o modelo de pensamento vigente, o aprendizado pela ação e a reflexão crítica aparecem como alternativas para desafiar teorias dominantes e contradizer os discursos decoloniais e reformista do gerencialismo. Em analisando o Mini IMPM sob a perspectiva contextualista e do pensamento paradoxal, é possível entender as dinâmicas de mudança-continuidade presentes, mas até então veladas, como se deu a construção do programa e o quanto foi importante para catalisar debates e provocar impacto. Limitações – Esta pesquisa qualitativa focada em dinâmicas concretas não possibilita à pesquisadora chegar a conclusões generalizáveis. O fato de a pesquisadora trabalhar na organização objeto do estudo é tratado como um paradoxo, pois tanto permite maior acesso e imersão total na organização, como restringe, uma vez que podem ocorrer influências na coleta de dados dos entrevistados e existe alguma probabilidade de utilização de critérios de seletividade quanto ao conteúdo de dados empíricos. Contribuições – Fornecer subsídios para o enriquecimento de discussões sobre alternativas à Administração e Gestão do Desenvolvimento por meio de uma perspectiva decolonial.por
dc.description.abstractPurpose – The objective of this research is to investigate an action learning program in a development organization in Brazil, considering the context of resistance-conformity dynamics in which the organization and the program are inserted. Methodology – A qualitative study with data co-creation was carried out through unstructured and semi-structured interviews, bibliographical and documentary research, field diaries, notes and observations of the participants. Findings – In a moment of crisis, when there was a need to break with the current thinking model, learning by action and critical reflection seem to be an alternative to challenge dominant theories and contradict the decolonial and reformist discourses of managerialism. By analyzing the Mini IMPM from a contextualist and a paradoxical perspectives, it is possible to understand the existing dynamics of change-continuity, but hitherto hidden, how the program was built and how important it was to catalyze discussions and promote impact. Limitations – This qualitative research does not allow the researcher to reach generalizable conclusions. The fact that the researcher works in the organization object of the study is treated as a paradox, as it allows both greater access and total immersion in the organization, it also restricts since there may be influences on data collection of the interviewees, and there is some probability of using selectivity criteria regarding empirical data content. Contributions – Provide input for enriching discussions on alternatives to Development Administration and Management through a decolonial perspective.por
dc.language.isopt_BR
dc.subjectColonizaçãopor
dc.subjectDesenvolvimentopor
dc.subjectGlobalizaçãopor
dc.subjectCapitalismopor
dc.subjectNeoliberalismopor
dc.subjectHipermodernidadepor
dc.subjectAdministração do Desenvolvimentopor
dc.subjectGestão do Desenvolvimentopor
dc.subjectAprendizado pela Açãopor
dc.subjectReflexão críticapor
dc.subjectBNDESpor
dc.subjectMini IMPMpor
dc.subjectDinâmicas de mudança-continuidadepor
dc.subjectForças de mudançapor
dc.subjectForças de continuidadepor
dc.titleParadoxos de gestão de mudanças: continuidades por meio de um programa de aprendizado pela açãopor
dc.typeDissertationeng
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EBAPEpor
dc.subject.bibliodataAprendizagem organizacionalpor
dc.subject.bibliodataEducação e globalizaçãopor
dc.subject.bibliodataGestão do conhecimentopor
dc.subject.bibliodataCultura organizacionalpor
dc.subject.bibliodataDesenvolvimento organizacionalpor
dc.contributor.memberGoia, Marisol Rodriguez
dc.contributor.memberBarros, Denise Franca


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record