Show simple item record

dc.contributor.advisorFarah, Marta Ferreira Santos
dc.contributor.authorSchommer, Paula Chies
dc.date.accessioned2010-04-20T20:48:26Z
dc.date.available2010-04-20T20:48:26Z
dc.date.issued2005-10-24
dc.identifier.citationSCHOMMER, Paula Chies. Comunidades de prática e articulação de saberes na relação entre universidade e sociedade. Tese (Doutorado em Administração de Empresas) - FGV - Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2005.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/2557
dc.description.abstractEste trabalho foi realizado com o objetivo de identificar se programas de relação entre universidade e sociedade orientados para a valorização e articulação de diferentes saberes são espaços privilegiados de aprendizagem organizacional. Foram estudados oito programas de relação entre universidade e sociedade, criados entre 1992 e 2001 e ainda em curso, no Brasil. Foram exploradas características de processos de aprendizagem no contexto das atividades desses programas, bem como mecanismos pelos quais articulam diferentes saberes, tanto entre segmentos nas próprias universidades, como em suas relações com a sociedade. O Programa de Desenvolvimento e Gestão Social (PDGS), da Universidade Federal da Bahia, foi estudado em profundidade, por meio da observação participante, entre agosto de 2003 e fevereiro de 2005. O foco da análise foi uma experiência de residência social – metodologia desenvolvida pelo PDGS para a formação de gestores sociais, baseada na articulação entre saberes científicos multidisciplinares e saberes não-científicos. Os demais sete programas foram estudados por meio de recursos para estudos de casos múltiplos, buscando-se ampliar a compreensão do fenômeno em análise: aprendizagem e articulação de saberes nas relações entre universidade e sociedade. O estudo baseou-se na abordagem social da aprendizagem, o que implica na ênfase às interações sociais que propiciam oportunidades de aprendizagem individual e organizacional, sobretudo no âmbito de comunidades de prática, em lugar da ênfase à aprendizagem que acontece na mente dos indivíduos, própria da abordagem cognitiva da aprendizagem. Foram, também, discutidas as relações entre o conhecimento científico e outros tipos de conhecimentos presentes na sociedade, buscando-se identificar a possibilidade de um padrão de relação mais horizontalizado entre eles do que o padrão definido a partir da ruptura da ciência com o senso comum, que fundou a ciência moderna. O estudo permitiu concluir que os programas analisados podem ser considerados espaços privilegiados de aprendizagem organizacional, embora enfrentem limites de diversas ordens para que esse potencial seja plenamente exercido. Conclui-se, ainda, que a aprendizagem e a articulação de diferentes saberes potencializam-se mutuamente e que ambas são propiciadas em situações que envolvem o engajamento de pessoas de diferentes formações e trajetórias em torno de práticas e empreendimentos compartilhados.por
dc.description.abstractThis work aims to identify if programmes based on the relationship between universities and the society, oriented to the valorisation of knowledge interaction are privileged spaces of organizational learning. One studied eight programmes based on the relationship between university and the society, created between 1992 and 2001, which are still running in Brazil. It was explored characteristics of learning process in the context of activities of these programmes, as well as mechanisms through which different forms of knowledge are linked, both in segments of universities themselves and in their relation with society. The Programa de Desenvolvimento e Gestão Social (PDGS), from the Universidade Federal da Bahia, was deeply studied using participant observation, between August 2003 and February 2005. The focus of this analysis was an experience called residência social (social internship) – a methodology developed by PDGS to form social managers, rooted on the interaction and sharing of multidisciplinary scientific knowledge and non-scientific knowledge. The other programmes were studied using multiple case study approach and sought to extend the comprehension of the phenomena under analysis: learning and articulation of knowledge between universities and society. The study was grounded in the social learning approach, which implies the emphasis of social interactions to create opportunities of individual and organizational learning, particularly in the context of communities of practice, replacing the emphasis on individual’s minds, as the cognitive learning approach emphasizes. It was also discussed the relationships among scientific knowledge and other types of knowledge found in society, seeking to identify the possibility of constituency of a more horizontal pattern of interaction between them, instead of focusing on the rupture between science and common sense that launched modern science. This study allows concluding that the programmes analysed can be considered privileged spaces of organizational learning, despite the limitation of different sorts posed on the development of this potential. Ones also conclude that learning and interaction of different knowledge can be mutually reinforced and that both occur in situations that involve people with different backgrounds and histories around practices and shared initiatives.eng
dc.language.isopor
dc.subjectCommunities of practiceeng
dc.subjectArticulation of knowledgeeng
dc.subjectOrganizational learningeng
dc.subjectUniversity and societyeng
dc.subjectOrganização, recursos humanos e planejamentopor
dc.subjectComunidades de práticapor
dc.subjectUniversidade e sociedadepor
dc.subjectArticulação de saberespor
dc.subjectAprendizagem organizacionalpor
dc.titleComunidades de prática e articulação de saberes na relação entre universidade e sociedadepor
dc.typeThesiseng
dc.subject.areaAdministração de empresaspor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EAESPpor
dc.subject.bibliodataAprendizagem organizacionalpor
dc.subject.bibliodataComunidade e universidadepor
dc.subject.bibliodataAprendizagem - Aspectos sociaispor
dc.subject.bibliodataGestão do conhecimentopor
dc.contributor.memberAlves, Mário Aquino
dc.contributor.memberKisil, Marcos
dc.contributor.memberSpink, Peter
dc.contributor.memberFischer, Tânia


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record