Show simple item record

dc.contributor.advisorMosquera, Roberto Quiroga
dc.contributor.authorCosta Filho, Francisco Bernardes
dc.date.accessioned2016-10-06T18:27:36Z
dc.date.available2016-10-06T18:27:36Z
dc.date.issued2016-09-12
dc.identifier.citationCOSTA FILHO, Francisco Bernardes. A implementação do Instituto da Substituição Tributária em larga escala pelo estado de São Paulo a partir do ano de 2008 e os conceitos preconizados por Joseph Stiglitz sobre uma boa tributação. Dissertação (Mestrado Profissional em Direito dos Negócios Aplicado e Direito Tributário Aplicado) - FGV - Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2016.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/17224
dc.description.abstractOriginally, the tax substitution (ST) of the State Value Added Tax (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços - ICMS) was conceived / designed to be applied only to sectors of the economy which traded products classified as commodities, with few producing industries and sectors with products with little variety of items and large number of distribution points and sale. This logic made sense from an economic point of view as well as the tax collection efficiency point of view. It turns out that from the year 2008, several Brazilian states, led by the state of São Paulo, expanded the application of the tax substitution for almost all sectors of the economy. This study, using as main methodology, literature, doctrinal and legislative study and collection of collection of data through public portals and industry associations information, aims to analyze whether economic efficiency in the collection of taxes generated by implementation on a large scale, the institute of tax substitution for the ICMS by the government of the state of São Paulo, from 2008, also brought benefits of efficiency and competitiveness for companies from São Paulo, considering the concepts advocated by Joseph Stiglitz on a good taxation.eng
dc.description.abstractOriginalmente, a substituição tributária (ST) do Imposto sobre Operações de Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) foi concebido/desenhado para ser aplicado apenas para setores da economia que comercializavam produtos classificados como commodities, com poucas indústrias produtoras e setores com produtos com pouca variedade de itens e com grande número de pontos de distribuição e venda. Uma lógica que fazia sentido tanto do ponto de vista econômico bem como do ponto de vista de eficiência da arrecadação tributária. Ocorre que a partir do ano de 2008, vários estados brasileiros, liderados pelo estado de São Paulo, expandiram a aplicação da substituição tributária para quase todos os setores da economia. O presente trabalho, utilizando como metodologia principal, o estudo bibliográfico, doutrinário e legislativo, bem como a coleta de dados de arrecadação por meio de portais públicos e informações de Associações Industriais, tem como objetivo analisar se eficiência econômica na arrecadação de tributos gerada pela implementação, em larga escala, do instituto da substituição tributária para o ICMS pelo governo do estado de São Paulo, a partir de 2008, também trouxe benefícios de eficiência e competitividade para as empresas paulistas, considerando os conceitos preconizados por Joseph Stiglitz sobre uma boa tributação.por
dc.language.isopor
dc.subjectTax laweng
dc.subjectTax policy - São Paulo (state)eng
dc.subjectState value added tax (imposto sobre circulação de mercadorias e serviços - ICMS)eng
dc.subjectTax substitution for ICMSeng
dc.subjectEconomic efficiencyeng
dc.subjectCompetitivenesseng
dc.subjectSubstituição tributária do ICMSpor
dc.subjectEficiência econômicapor
dc.subjectCompetitividadepor
dc.subjectImposto sobre circulação de mercadorias e serviçospor
dc.subjectICMS (Imposto sobre circulação de mercadorias e serviços)por
dc.titleA implementação do Instituto da Substituição Tributária em larga escala pelo estado de São Paulo a partir do ano de 2008 e os conceitos preconizados por Joseph Stiglitz sobre uma boa tributaçãopor
dc.typeDissertationeng
dc.subject.areaDireitopor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::DIREITO SPpor
dc.subject.bibliodataDireito tributáriopor
dc.subject.bibliodataPolítica tributária - São Paulo (Estado)por
dc.subject.bibliodataAção de repetição de indébito tributáriopor
dc.subject.bibliodataImposto sobre circulação de mercadorias e serviçospor
dc.contributor.memberPiscitelli, Tathiane dos Santos
dc.contributor.memberPaula Junior, Aldo de


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record