Show simple item record

dc.contributor.authorFraletti, Paulo Beltrão
dc.contributor.authorEid Júnior, William
dc.date.accessioned2016-02-25T15:12:09Z
dc.date.available2016-02-25T15:12:09Z
dc.date.issued2005-04
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/15557
dc.description.abstractO artigo aborda um tema bastante explorado no contexto internacional, mas ainda pouco pesquisado no Brasil. A compreensão dos fatores relevantes na precificação de debêntures é de primordial importância para os investidores e para as empresas interessadas na captação de recursos através deste meio. A inexistência de um mercado secundário líquido de títulos privados de renda fixa restringe a análise empírica às informações, também limitadas, do mercado primário. Foram utilizados no trabalho dados referentes a 67 debêntures indexadas ao CDI-over e 30 indexadas ao IGP-M, todas distribuídas entre abril de 2000 e setembro de 2004. O método dos mínimos quadrados ordinários foi utilizado para testar a influência do rating e de um conjunto de variáveis de controle na formação da taxa de remuneração dos títulos. Foram estimadas relações lineares e não lineares entre as variáveis independentes e o spread expresso em duas formas: nominal e over Treasury. Dentre as evidências encontradas destacam-se as seguintes: i) o rating é variável significante para os dois grupos de debêntures; ii) algumas outras variáveis (prazo e volume da emissão, por exemplo) são relevantes, especialmente para títulos corrigidos pelo IGP-M; iii) a precificação de debêntures é imperfeita e aparentemente sujeita a fatores não econômicos.por
dc.language.isopor
dc.titleA relevância do rating e de outros fatores na determinação do rendimento das debêntures emitidas no mercado brasileiropor
dc.typeWorking Papereng
dc.subject.areaFinançaspor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EAESPpor
dc.subject.bibliodataDebênturespor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record