Show simple item record

dc.contributorFundação Getulio Vargas. Diretoria de Análise de Políticas Públicas
dc.contributor.authorGlobo News
dc.date.accessioned2015-02-04T13:29:48Z
dc.date.available2015-02-04T13:29:48Z
dc.date.issued2015-01-07
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/13293
dc.description.abstractMonitoramento das redes sociais realizado pela Diretoria de Análise de Políticas Públicas da FGV mostra a repercussão do ataque ao Charlie Hebdo pelo mundo. O mapa revela que o caso recebeu grande destaque ao longo do dia, com um alto volume de menções em todas as regiões do mundo, mas predominantemente Europa e EUA. De 9h a 17h (horário de Brasília), foram registradas mais de 4,5 milhões de menções ao caso, com picos de mais de 6 mil tuítes por minuto. A hashtag mais mencionada foi #charliehebdo (2 milhoes), seguida de #jesuischarlie ('eu sou charlie' com 700 mil).por
dc.language.isopor
dc.subjectAnálise de redepor
dc.subjectRedes sociaispor
dc.subjectCharlie Hebdopor
dc.subjectTerrorismopor
dc.subjectAtentadopor
dc.subjectEuropapor
dc.titleAtentado na França teve repercussão mundial também nas redes sociaispor
dc.typeVideoeng
dc.subject.areaCiência políticapor
dc.contributor.unidadefgvDemais unidades::DAPPpor
dc.subject.bibliodataTerrorismopor
dc.subject.bibliodataRedes sociais on-linepor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record