Show simple item record

dc.contributorFundação Getulio Vargas. Diretoria de Análise de Políticas Públicas
dc.contributor.authorGlobo News
dc.date.accessioned2015-02-04T13:29:10Z
dc.date.available2015-02-04T13:29:10Z
dc.date.issued2015-01-21
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/13288
dc.description.abstractMonitoramento de redes sociais realizado pela Diretoria de Análise de Políticas Públicas da FGV nos últimos 3 dias registrou 315 mil menções relacionadas à crise hídrica em todo o Brasil. São Paulo foi a cidade com o maior volume de comentários, concentrando 16% do total, mais do que o dobro do Rio de Janeiro, a segunda cidade no ranking, com 7%. Os termos mais mencionados foram 'água', com 46% do total, e 'seca' com 32%. Outras palavras mencionadas foram 'falta', 'cantareira' e 'racionamento'.por
dc.language.isopor
dc.subjectAnálise de redepor
dc.subjectCrise hídricapor
dc.subjectFalta d'águapor
dc.subjectVolume mortopor
dc.subjectAbastecimento de águapor
dc.titleNos últimos 3 dias, foram registradas 315 mil menções sobre falta d'água na internetpor
dc.typeVideoeng
dc.subject.areaCiência políticapor
dc.contributor.unidadefgvDemais unidades::DAPPpor
dc.subject.bibliodataAbastecimento de águapor
dc.subject.bibliodataRedes sociais on-linepor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record