Show simple item record

dc.contributor.advisorThiry-Cherques, Hermano Roberto
dc.contributor.authorFaver, Leonardo Ciuffo
dc.date.accessioned2014-05-08T13:43:06Z
dc.date.available2014-05-08T13:43:06Z
dc.date.issued2014-03-18
dc.identifier.citationFAVER, Leonardo Ciuffo. O motor das transformações: indutores da inovação laboral na horticultura da Região Serrana Fluminense. Tese (Doutorado em Administração) - FGV - Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 2014.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/11740
dc.description.abstractA presente Tese tem por objetivo propor um sistema de inovação permanente para a área do Agronegócio do setor da Horticultura da Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro. Este trabalho parte da suposição de que existe um potencial não explorado de inovação pelo trabalho atualizável mediante um modelo referencial composto por um conjunto de indutores denominados de INDILABs – Indutores da Inovação Laboral: a tecnologia, a gestão, o processo de cognição e a atitude e ação. A Tecnologia promove mudanças econômicas, políticas e culturais e influencia o trabalho, a vida e o processo de cognição. A Gestão promove a personalização dos indivíduos e desenvolver a criatividade. O Processo de Cognição contribui para articular e harmonizar os sistemas sociais e deve ser centrado nos valores éticos e humanos para que haja equilíbrio entre o ser e o seu valor de uso, enquanto que a Atitude e Ação buscam consolidar os movimentos mais criativos, autônomos, humanos, prazerosos e desafiadores nos espaços coletivos. Discute-se a essencialidade da capacidade de inovação para a continuidade dos sistemas produtivos, sendo considerada uma condição fundamental para a sobrevivência dos negócios, dos empregos, do trabalho e da renda. Relaciona-se o Estado com a inovação, afirmando que além de apoiar o desenvolvimento de atividades econômicas, dos indivíduos e da sociedade, ele deve assegurar a continuidade dos sistemas produtivos pela capacidade de inovação por meio e mediante o trabalho. Utilizando procedimentos metodológicos baseados no estruturalismo, buscou-se a estrutura subjacente às práticas dos trabalhos dos agricultores familiares e suas relações com o sistema de apoio ao desenvolvimento da inovação. A coleta de dados para a pesquisa foi realizada com base em entrevistas individuais e em grupos, formais e informais, através de seminário específico e da observação do contexto e exame de documentos. O modelo referencial de inovação proposto visa fundamentar a formulação de políticas públicas nas seguintes áreas: a) Desenvolvimento do empreendedorismo; b) Formação e Capacitação do agricultor e de mão de obra; c) Promover a cooperação e inter-relacionamento institucional; d) Comunicação e difusão; e) Apoio a Comercialização; e f) Atuar em programas de diversificação da Produção.por
dc.language.isopor
dc.subjectInovaçãopor
dc.subjectTrabalhopor
dc.subjectINDILAB`spor
dc.subjectIndutores da inovação laboralpor
dc.subjectPolíticas públicaspor
dc.subjectHorticulturapor
dc.titleO motor das transformações: indutores da inovação laboral na horticultura da Região Serrana Fluminensepor
dc.typeThesiseng
dc.subject.areaAdministração de empresaspor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EBAPEpor
dc.subject.bibliodataAgricultura familiar - Inovações tecnológicaspor
dc.subject.bibliodataTrabalhadores rurais - Efeito de inovações tecnológicaspor
dc.contributor.memberPimenta, Roberto da Costa
dc.contributor.memberZouain, Deborah Moraes
dc.contributor.memberAssis, Renato Linhares de
dc.contributor.memberOliveira, Murilo Alvarenga


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record