Show simple item record

dc.contributor.advisorGurgel, Angelo Costa
dc.contributor.authorDefilippi Filho, Luiz Cunali
dc.date.accessioned2013-07-04T11:49:11Z
dc.date.available2013-07-04T11:49:11Z
dc.date.issued2013-06-18
dc.identifier.citationDEFILIPPI FILHO, Luiz Cunali. Estudo de viabilidade do uso do palhiço para geração de energia na entressafra de uma usina sucroenergética. Dissertação (Mestrado Profissional em Agronegócios) - Escola de Economia de São Paulo, Fundação Getúlio Vargas - FGV, São Paulo, 2013.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/10958
dc.description.abstractO setor sucroenergético brasileiro vem se destacando como uma nova opção para a geração de energia elétrica do país de forma renovável e sustentável. Torna-se cada vez mais frequente o uso do palhiço da cana-de-açúcar como fonte adicional de biomassa combustível além do uso tradicional do bagaço. As usinas com centrais termelétricas que comercializam os excedentes de bioeletricidade normalmente operam durante a safra da cana-de-açúcar e ficam paradas durante a entressafra. Este estudo analisa a viabilidade econômica de aproveitar a capacidade ociosa de uma unidade de geração de energia elétrica durante a entressafra, através do estudo de caso de uma usina de cana-de-açúcar na cidade de Iacanga no interior do estado de São Paulo. O trabalho tem como premissa utilizar o palhiço como combustível na safra adicional ao bagaço e armazenar o bagaço para a geração de bioeletricidade na entressafra. Os investimentos necessários para o processamento do palhiço na safra, armazenagem e movimentação do bagaço e custos de operação e manutenção do sistema de geração de energia são apresentados. As análises econômicas do estudo são feitas utilizando os métodos do Valor Presente Líquido (VPL) e da Taxa Interna de Retorno (TIR). São feitas também análises de sensibilidade com os dois principais fatores de impacto à rentabilidade, que são o custo do palhiço posto na usina e o valor da energia elétrica vendida. As análises são apresentadas em três cenários variando o total de dias efetivos de geração na entressafra, sendo de 30, 60 e 90 dias. Os resultados indicam que a geração adicional de energia na entressafra, aproveitando a capacidade ociosa da planta na entressafra, tem um VPL de R$-1,136 milhão, R$ 0,698 milhão e R$ 2,511 milhões e uma TIR de 5,47% a.a., 16,98% a.a. e 25,88% a.a., respectivamente. Esses resultados consideraram o custo do palhiço a R$ 70,00.t-1 e a venda da energia a R$170,00.MWh-1. Conclui-se, assim, que o aproveitamento da capacidade ociosa do parque de geração de energia a partir da biomassa da cana-de-açúcar na entressafra tem potencial e viabilidade econômica conforme: o aumento do seu uso; a disponibilidade de biomassa residual (palhiço) a custos competitivos; e preço de venda da bioeletricidade.por
dc.description.abstractThe sugar ethanol industry has emerged as a renewable and sustainable option for electricity generation in Brazil. Besides the more traditional use of bagasse, sugarcane trash has become increasingly frequent as an additional source of biomass fuel. The mills with power plants, which sell surplus bioelectricity, normally operate during harvest season and are idle during the off crop. This study examines the economic feasibility of using the idle capacity of electricity generation units during the off crop, through the case study of a sugarcane mill in Iacanga, São Paulo. The analysis assumes the use of sugarcane trash as additional fuel to bagasse and the storage of the excess of bagasse to generate bioelectriciy in the off crop season. The study presents the necessary investments for processing the trash during the harvest season, for storage and handling of bagasse, and the operation and maintenance costs of the power generation system. The economic analysis are performed using the methods of Net Present Value (NPV) and Internal Rate of Return (IRR). Also, sensitivity analysis is made using the two main factors that impact the profitability: the cost of trash at the plant and the amount of electricity sold. The analysis considers three scenarios varying the total days of effective bioelectricity generation during off crop: 30, 60 and 90 days. The results indicate that the additional power generation during the off crop, taking advantage of the mill’s idle capacity, provide a NPV of R$ -1.14 million, R$ 0.70 million and R$ 2.51 million, respectively, and an IRR of 5.5%, 17.0% and 25.9% per year, considering the cost of trash as R$ 70,00 / ton and the sale of energy as R$ 170.00 MW/h. As conclusion, the study shows thatthe use of the mill’s idle capacity for power generation from the biomass of sugarcane in the off crop season has a good potential and presents economic viability, as its increased use generates competitive biomass waste (trash) and if there is competitive prices in the sale of bioelectricity.eng
dc.language.isopor
dc.subjectBioenergyeng
dc.subjectSugarcaneeng
dc.subjectTrasheng
dc.subjectCogenerationeng
dc.subjectFeasibility analysiseng
dc.subjectOff cropeng
dc.subjectBioenergiapor
dc.subjectPalhiçopor
dc.subjectCogeraçãopor
dc.subjectAnálise de viabilidadepor
dc.subjectEntressafrapor
dc.titleEstudo de viabilidade do uso do palhiço para geração de energia na entressafra de uma usina sucroenergéticapor
dc.typeDissertationeng
dc.subject.areaEconomiapor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EESPpor
dc.subject.bibliodataEnergia - Fontes alternativas - São Paulo (Estado)por
dc.subject.bibliodataBagaço de canapor
dc.subject.bibliodataBiocombustíveispor
dc.subject.bibliodataCana-de-açúcar - São Paulo (Estado)por
dc.subject.bibliodataEstudos de viabilidadepor
dc.subject.bibliodataEnergia elétricapor
dc.contributor.memberRocha, José Dilcio
dc.contributor.memberPrado Júnior, Sérvio Túlio


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record