Show simple item record

dc.contributor.advisorMattos, Enlinson
dc.contributor.authorModes, Maria Guazzelli
dc.date.accessioned2012-11-07T14:24:35Z
dc.date.available2012-11-07T14:24:35Z
dc.date.issued2012-10-08
dc.identifier.citationMODES, Maria Guazzelli. Perfil dos prefeitos e o padrão de gastos locais: evidências para municípios brasileiros. Dissertação (Mestrado Profissional em Finanças e Economia) - FGV - Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2012.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/10212
dc.description.abstractEste artigo examina a relação entre informações acerca do background dos prefeitos brasileiros e o padrão dos seus respectivos gastos. Usando dados das eleições de 1996, 2000, 2004 e 2008, busca-se investigar se o nível educacional e a ocupação prévia desses governantes afetam a maneira como os mesmos realizam os gastos municipais. Os resultados sugerem que prefeitos cuja ocupação anterior tenha sido político, em média, gastam menos (entre 1.8% e 2.0%) do que prefeitos com algumas outras experiências. Os dados apontam ainda que o nível de escolaridade dos prefeitos não tem efeitos sobre o nível de gastos. Políticos de carreira, uma vez no executivo local, gastam menos em urbanismo (entre 3.32% e 8.95% sobre o percentual gasto com urbanismo) e saúde (entre 1.55%. e 3.9% sobre o percentual gasto com saúde) e mais em transporte (de 6.69% a 9.41% sobre o percentual gasto com transporte) e administração (entre 3.46% e 5.63% sobre o percentual gasto com administração) do que profissionais com outra formação.por
dc.description.abstractThis article examines the relationship between information about the background of brazilian mayors and pattern of their spending. Using data from 1996, 2000, 2004 and 2008 elections, we seek to investigate whether the educational level and prior occupation of these rulers affect how they perform the municipal expenses. The results suggest that mayors whose previous occupation was political, on average, spend less (1.8% to 2.0%) than other mayors with some other occupations. The data also indicate that the education level of the mayors have no effect on spending. Political career, once in the local executive, spend less on urban planning (3.32% to 8.95% over the percentage spent on urban planning) and health (1.55% to 3.9% over the percentage spent on health) and, also, spend more on transport (6.69% to 9.41% over the percentage spent on transport) and administration (3.43% to 5.63% over the percentage spent on administration) than other professionals with training.eng
dc.language.isopor
dc.subjectGastos municipaispor
dc.subjectInformações dos prefeitospor
dc.subjectEconomia políticapor
dc.subjectMunicipal spendingeng
dc.subjectBackground information of the mayorseng
dc.titlePerfil dos prefeitos e o padrão de gastos locais: evidências para municípios brasileirospor
dc.typeDissertationeng
dc.subject.areaEconomiapor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EESPpor
dc.subject.bibliodataOrçamento municipal - Brasilpor
dc.subject.bibliodataDespesa públicapor
dc.subject.bibliodataPrefeitos - Brasilpor
dc.subject.bibliodataPrefeitos - Aspectos sociaispor
dc.subject.bibliodataBrasil - Municípiospor
dc.contributor.memberArvate, Paulo Roberto
dc.contributor.memberMadalozzo, Regina C.


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record