Show simple item record

dc.contributor.advisorVergara, Sylvia Constant
dc.contributor.authorDurán, Maria Helena Carvalho
dc.date.accessioned2012-09-19T17:53:28Z
dc.date.available2012-09-19T17:53:28Z
dc.date.issued2012-08-08
dc.identifier.citationDURÁN, Maria Helena Carvalho. A motivação dos peritos criminais das unidades técnico-científicas da Polícia Federal na Bahia. Dissertação (Mestrado em Administração) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas, Fundação Getúlio Vargas - FGV, Rio de Janeiro, 2012.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/10030
dc.description.abstractThis study aimed at identifying which factors cause the motivation of the criminal experts of the technical units of the Brazilian Federal Police at the state of Bahia, in the development of their activities. For this purpose, a bibliographic, descriptive, explanatory and field research was performed. Individual and semi-open interviews were held, and the technique drawing construction was applied with all federal criminal experts stationed in Bahia, which amounts to 35 servants. Using the method of content analysis, 20 factors that influence the motivation of the staff members surveyed were identified; the 'salary' was shown to be the most encouraging factor in choosing the selective process for admission into the institution. The 'work itself', the 'challenge', the 'good working environment' and 'professional development' are the factors that most positively affect the motivation of criminal experts of the Federal Police at the state of Bahia. The 'professional appreciation', the 'feedback / result of the work', 'autonomy' and 'career growth' were considered important for the motivation, however, they are factors that for many of the respondents are not present or need to be improved in the Federal Police. The factors that impact negatively on the motivation of the referred experts is the lack of 'planning, organization', 'bureaucratic procedures, rigid hierarchy, inflexible structure, excess of control tools', 'the lack of equalitarian treatment', and the lack of 'integration with other components of the Federal Police'. Completing the list of the 20 factors that stood out in this study there are: 'the ways and work conditions', 'objectives / goals to be reached', 'beneficts', 'glamour / status / importance of the Federal Police', 'sense of responsibility', 'relationship with the managers' and 'personal / family matters'. The study suggests that a similar research should be conducted with Federal Criminal Experts stationed in other states and also with the other categories of servers in the institution.eng
dc.description.abstractO estudo teve por objetivo identificar quais os fatores que provocam a motivação dos Peritos Criminais Federais das Unidades Técnico-Científicas da Polícia Federal na Bahia no desenvolvimento de suas atividades. Para isso, efetuou-se uma pesquisa descritiva, explicativa, bibliográfica e de campo. Foram realizadas entrevistas individuais e semiabertas, assim como aplicada a técnica de construção de desenhos, com todos os Peritos Criminais Federais lotados na Bahia, o que totaliza 35 servidores. Utilizando-se o método de análise de conteúdo, foram identificados 20 fatores que influenciam a motivação dos servidores pesquisados, sendo o 'salário' o que mais incentivou na escolha do concurso para ingresso na instituição. Além do 'salário', o 'trabalho em si', o 'desafio', o 'ambiente de trabalho' e o 'aperfeiçoamento profissional' são os fatores que mais afetam positivamente a motivação desses Peritos Criminais na Polícia Federal. O 'reconhecimento / valorização', o 'feedback / resultado do trabalho', a 'autonomia' e o 'crescimento na carreira' foram considerados importantes para a motivação, porém, são fatores que para muitos dos entrevistados não estão presentes ou precisam melhorar na Polícia Federal. Os fatores que mais exercem influência negativa na motivação dos Peritos Criminais no órgão são a falta de 'planejamento, organização', a 'burocracia, hierarquia rígida, estrutura fechada, excesso de controle', a falta de 'justiça' e a falta de 'integração com outros componentes da Polícia Federal'. Completando a lista dos 20 fatores que se destacaram no estudo estão 'meios e condições de trabalho', 'objetivos / metas a atingir', 'benefícios', 'prestígio / status / importância do órgão Polícia Federal', 'senso de responsabilidade', 'relacionamento com chefia' e 'questões pessoais / família'. Sugere-se que pesquisa semelhante seja realizada com Peritos Criminais Federais lotados em outros estados e também com as demais categorias de servidores do órgão.por
dc.language.isopor
dc.subjectTrabalhopor
dc.subjectPeritos criminaispor
dc.subjectPolícia Federalpor
dc.subjectGestãopor
dc.subjectServiço públicopor
dc.subjectMotivaçãopor
dc.titleA motivação dos peritos criminais das unidades técnico-científicas da Polícia Federal na Bahiapor
dc.typeDissertationeng
dc.subject.areaAdministração de empresaspor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EBAPEpor
dc.subject.bibliodataMotivação no trabalhopor
dc.subject.bibliodataPeritospor
dc.subject.bibliodataPolíciapor
dc.contributor.memberZouain, Deborah Moraes
dc.contributor.memberVillardi, Beatriz Quiroz


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record