Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

Carta ao Leitor

A Revista Ibero-americana de Estudos Legislativos – RIEL – nasceu com o propósito de servir como um veículo de diálogo acadêmico para os pesquisadores voltados para o estudo do legislativo na América Latina. Ao dar ênfase à perspectiva de colaboração com redes de pesquisadores, desde a fundação da revista foi estabelecido um rodízio de instituições que trabalhariam na sua publicação e edição. Nesse regime de parceria, publicamos quatro números entre os anos de 2010 e 2015.

O primeiro número da revista foi publicado no ano de 2010, e contou com a colaboração de artigos apresentados em encontros internacionais, bem como abriu espaço para a publicação de relatórios preliminares de investigação em forma de notas de pesquisa. A publicação do número de 2010 ficou a cargo do Departamento de Ciência Política da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

A partir do ano de 2011, coube à Fundação Getúlio Vargas (FGV) a publicação das edições dos anos de 2012, 2014 e 2015. Na edição do número de 2012, os artigos deram ênfase ao processo legislativo nos casos da Argentina e Brasil, a probabilidade de sucesso eleitoral dos legisladores no Brasil, e também incluiu análises sobre o aprimoramento das pesquisas acadêmicas em torno da relação Executivo-Legislativo na América Latina, e a evolução das escolhas de carreira política dos legisladores brasileiros.

Na edição do número de 2014, a revista contemplou análises sobre o Congresso Nacional brasileiro sob diversos pontos de vista, tais como o processo legislativo, e a influência de grupos de interesse na Câmara de Deputados. Além disso, o número contou com estudos comparativos sobre o sucesso legislativo do Poder Executivo nos casos do Brasil e da Alemanha, bem como das eleições presidenciais entre os países da América Latina entre os anos 1990.

Por fim, na edição do número de 2015, os artigos publicados na RIEL foram elaborados e apresentados no IX Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP), realizada em Brasília entre 4 e 7 de agosto de 2014.

A fim de dar continuidade ao processo rotativo de edição e publicação da revista entre universidades parceiras, informamos que a partir do ano de 2018 a RIEL será hospedada no Instituto de Estudos Sociais e Políticos, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IESP-UERJ). A revista fará parte do “Instituto da Democracia e Democratização da Comunicação”, proposta do INCT coordenada pelo professor Leonardo Avritzer, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Diante da trajetória bem-sucedida percorrida pela RIEL até o momento, é importante ressaltar o apoio institucional propiciado pela UFMG, FGV e ao longo dos anos de publicação da revista. Para além do papel dessas instituições, o comprometimento dos editores e do comitê editorial das edições já publicadas foi de fundamental importância para que a RIEL conquistasse o espaço acadêmico que lhe compete. Não seria, portanto, infundado atribuímos o sucesso da revista aos nomes aqui destacados. Agradecemos o professor Fabiano Santos (IESP), enquanto editor da primeira edição da revista, e os professores Lúcio Rennó (UNB), Luis Gustavo Grohmann (UFRS), e Magna Inácio (UFMG) como membros do primeiro comitê editorial das edições já publicadas.

Agradecemos também o trabalho conduzido posteriormente pelo professor Carlos Pereira (FGV) enquanto editor das edições da RIEL nos anos de 2012, 2014 e 2015, com o apoio do professor Octávio Amorim Neto (EBAPE), e a colaboração de Lúcio Rennó (UNB), Mercedes Montero (Universidad de Salamanca) e Alejandro Bonvecchi (Universidad Tocuato di Tella) como membros do conselho editorial dessas edições.

A todos os envolvidos, fica o nosso agradecimento e o convite a toda a comunidade acadêmica em fazer uso do espaço da RIEL para a publicação de seus trabalhos e pesquisas.