Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

Crise econômica e possíveis perspectivas jurídico-sociais

Danilo Fontenele Sampaio Cunha

Resumo


O TRABALHO EVIDENCIA QUE O SÉCULO XXI (RE)COMEÇOU A PARTIR DOS EFEITOS GLOBAIS DA CRISE ECONÔMICA DE 2008, COM IMEDIATOS REFLEXOS NA RECONSTRUÇÃO INTERATIVA DO DIREITO, DA ECONOMIA E DA POLÍTICA, EXAMINANDO AS NOVAS PERSPECTIVAS JURÍDICAS E SOCIAIS DAÍ DECORRENTES, PRINCIPALMENTE NO QUE DIZ RESPEITO À REDEFINIÇÃO DA SOBERANIA ESTATAL, E QUESTIONANDO-SE O QUE SE DEVE ENTENDER POR DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. O TRABALHO ANALISA, ASSIM, AS CONSEQUÊNCIAS POSSÍVEIS NOS MECANISMOS DE REGULAÇÃO DO MERCADO E NAS RELAÇÕES DE EMPREGO, AS AFETAÇÕES COLETIVAS INTRA E INTERGERACIONAIS, ALÉM DAS NOVAS RESPONSABILIDADES E INTERAÇÕES ENTRE OS ESTADOS E OS AGENTES ECONÔMICOS NO NÍVEL INTERNACIONAL, CONCLUINDO QUE OS RISCOS PROVENIENTES DA CRISE ECONÔMICA NÃO POSSUEM RESPOSTAS ÚNICAS, INDIVIDUAIS OU EXCLUSIVAS.

Palavras-chave


RISCOS; CRISE; ECONOMIA; REDEFINIÇÃO; ESTADO

Texto completo:

PDF