Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

O Itamaraty e a África: as origens da política africana do Brasil

Pio Penna Filho, Antônio Carlos Moraes Lessa

Resumo


No artigo apresentamos a evolução das relações entre o Brasil e o continente africano, enfatizando os aspectos que exerceram influência na definição da política africana do Brasil. Neste sentido, analisamos a política externa brasileira para a África sobretudo durante a década de 1950, até meados dos anos 1970, por se tratar de período de extrema relevância para o abandono da ambigüidade até então verificada. Argumentamos que o apoio brasileiro ao colonialismo português, e as relações com a África do Sul, se constituíram nos dois grandes empecílhos para o desenvolvimento de uma política africana por parte do Brasil. Para a elaboração do artigo, usamos fontes primárias do Arquivo do Ministério das Relações Exteriores até então não utilizadas. 


Palavras-chave


Relações Brasil-África;Descolonização;Política africana do Brasil

Texto completo:

Sem título () PDF


Direitos autorais

 

Revista Estudos Históricos
Uma publicação do Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais (PPHPBC) da Escola de Ciências Sociais (CPDOC) da Fundação Getulio Vargas (FGV)
 

eh@fgv.br