Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

Os anos trinta nas memórias e no arquivo de Paulo Duarte: uma cultura política de oposição a Getúlio Vargas

Carolina Soares Sousa

Resumo


Este artigo tem como objetivo o estudo da atuação política de Paulo Duarte no grupo político de Armando de Salles Oliveira. Priorizaremos seu protagonismo no jogo político regional e nacional nos anos trinta, com destaque para os meses que antecederam o golpe de novembro de 1937. Como se trata de um grupo derrotado, a memória histórica construída acerca dessa experiência ignorou sua especificidade e incorporou-a no discurso homogeneizador e continuísta que conflui e deságua na Era Vargas. É em São Paulo, com o pensamento e ação de Duarte e de seu grupo político, que será desenvolvida com maior expressividade uma cultura política de oposição ao varguismo. 


Palavras-chave


Paulo Duarte; anos trinta; cultura política; história; memória; arquivo

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2020 Revista Estudos Históricos

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Revista Estudos Históricos
Uma publicação do Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais (PPHPBC) da Escola de Ciências Sociais (CPDOC) da Fundação Getulio Vargas (FGV)
 

eh@fgv.br