Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

“Tudo pelo Brasil; tudo pela raça”: a Frente Negra Carioca

Petrônio Domingues

Resumo


Resumo

A Frente Negra no Rio de Janeiro tinha por finalidade envidar esforços pela elevação social, política, cultural e moral dos afro-brasileiros. Para tanto, animou ações coletivas, preconizou narrativas de igualdade, interveio na agenda nacional, estabelecendo diálogos com setores da sociedade carioca. A pretensão deste artigo é reconstituir alguns aspectos da trajetória dessa associação à luz de suas aspirações e formas de organização, luta e identidade.

Palavras-chave: afro-brasileiro; raça; associativismo negro; movimentos sociais.


Palavras-chave


Palavras-chave: afro-brasileiro; raça; associativismo negro; movimentos sociais.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBERTO, Paulina L. Terms of inclusion: black intellectuals in twentieth-century Brazil. Chapel Hill, N.C.: The University of North Carolina Press, 2011, pp. 23-109.

ANDREWS, George Reid. Negros e brancos em São Paulo (1888-1988). Bauru, SP: EDUSC,1998.

BACELAR, Jeferson. “A Frente Negra Brasileira na Bahia”, Afro-Ásia, n. 17, Salvador, 1996, pp. 73-85.

BUTLER, Kim D. “Up from slavery: afro-brazilian activism in São Paulo, 1888-1938”. The Americas, v. 49, n. 2, 1992, pp. 179-206.

___. Freedoms given, freedoms won: afro-brazilians in post-abolition São Paulo and Salvador. New Brunswick, NJ: Rutgers University Press, 1998.

DAMASCENO, Caetana. Segredos da boa aparência: da “cor” à “boa aparência” no mundo do trabalho carioca (1930-1950). Seropédica/RJ: Ed. da UFRRJ, 2010.

DOMINGUES, Petrônio. A insurgência de ébano. A história da Frente Negra Brasileira (1931-1937), São Paulo, Tese de Doutorado, FFLCH-USP, 2005.

___. Como se fosse bumerangue: Frente Negra Brasileira no circuito transatlântico. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 28, n. 81, 2013, pp. 155-170.

___. Cidadania por um fio: o associativismo negro no Rio de Janeiro (1888-1930). Revista Brasileira de História, vol. 34, n. 67, 2014, pp. 251-281.

FAUSTO, Boris. Getúlio Vargas: o poder e o sorriso. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

FERNANDES, Fernandes. A integração do negro na sociedade de classes, 2. vol., 3. ed., São Paulo, Ática, 1978, pp. 1-115.

GRAHAM, Jessica Lynn. Representations of racial democracy: race, national identity, and state cultural policy in the United States and Brazil (1930-1945). Tese (Doutorado em História), University of Chicago, 2010.

___. A virada antirracista do Partido Comunista do Brasil, a Frente Negra Brasileira e a Ação Integralista Brasileira na década de 1930. In: GOMES, Flávio e DOMINGUES, Petrônio (orgs.). Políticas da raça: experiências e legados da abolição e da pós-emancipação no Brasil. São Paulo: Selo Negro, 2014, p. 353-375.

LEVINE, Robert M. Pai dos pobres?: o Brasil e a era Vargas. Trad. Anna de Barros Barreto. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

LIMA, Alex Benjamim de. Em tintas negras: cultura impressa e intelectualidade em “A Voz da Raça” (1933-1937). Assis, Dissertação (Mestrado em História), Universidade Estadual Paulista (UNESP) – Faculdade de Ciências e Letras, 2011.

LUCRÉCIO, Francisco in BARBOSA, Márcio (entrevistas e textos). Frente Negra Brasileira: depoimentos. São Paulo: Quilombhoje, 1998, pp. 37-38.

MALATIAN, Teresa. O Cavaleiro Negro: Arlindo Veiga dos Santos e a Frente Negra Brasileira. São Paulo: Alameda, 2015.

MITCHELL, Michael. Racial consciousness and the political attitudes and behavior of blacks in São Paulo, Brazil. Tese (Doutorado em Ciência Política), Indiana University, Bloomington, 1977.

___. “Os movimentos sociais negros na Era Vargas”. In: GOMES, Flávio e DOMINGUES, Petrônio (orgs.). Experiências da emancipação: biografias, instituições e movimentos sociais no pós-abolição (1890-1980). São Paulo: Selo Negro, 2011, p. 185-201.

OLIVEIRA, André Côrtes de. Quem é a “Gente Negra Nacional”? Frente Negra Brasileira e A Voz da Raça (1933-1937). Dissertação (Mestrado em História) – Universidade de Campinas – 2006.

OLIVEIRA, Laiana Lannes de. A Frente Negra Brasileira: política e questão racial nos anos 1930, Rio de Janeiro, Dissertação de Mestrado, UERJ, 2002.

PINTO, Regina Pahim. O movimento negro em São Paulo: luta e identidade. Ponta Grossa: Editora UEPG; São Paulo: Fundação Carlos Chagas, 2013.

PIRES, Antônio Liberac Cardoso Simões. As associações de homens de cor e a imprensa negra paulista. Belo Horizonte: Daliana – MEC/SESU/Secad – Neab/UFT, 2006.

ROSE, R. S. Uma das coisas esquecidas: Getúlio Vargas e controle social no Brasil (1930-1954). São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

SEIGEL, Micol. Uneven encounters: making race and nation in Brazil and The United States. Durham, NC: Duke University Press, 2009.

SILVA, Fátima Aparecida. Frente Negra Pernambucana e sua proposta de educação para a população negra na ótima de um dos seus fundadores: José Vicente Rodrigues Lima – década de 1930. Tese (Doutorado), Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2008.

SILVA, Fernanda Oliveira. Os negros, a constituição de espaços para os seus e o entrelaçamento desses espaços: associações e identidade em Pelotas (1820-1943). Porto Alegre, Dissertação de Mestrado, PUC, 2011, pp. 132-196.

SILVA, Maria Aparecida Pinto. A Voz da Raça: uma expressão negra no Brasil que queria ser branco, São Paulo, Tese de Doutorado, PUC, 2003.

TAYLOR, Quintard. Frente Negra Brasileira: the afro-brazilian civil rights movement, 1924-1937. Umoja: a Scholarly Journal of Black Studies, v. 2, n. 1, 1978, p. 25-40.




Direitos autorais 2018 Revista Estudos Históricos

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Revista Estudos Históricos
Uma publicação do Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais (PPHPBC) da Escola de Ciências Sociais (CPDOC) da Fundação Getulio Vargas (FGV)
 

eh@fgv.br