Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

Associativismos de trabalhadores favelados no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte (1955-1964)

Samuel Silva Rodrigues de Oliveira

Resumo


O artigo compreende a formação da União dos Trabalhadores Favelados (UTF) no Rio de Janeiro e a Federação dos Trabalhadores Favelados de Belo Horizonte (FTFBH) no contexto da experiência democrática (1945-1964), analisando a formação das associações supra-locais de moradores e a constituição da cultura e identidade política dos trabalhadores favelados no processo de urbanização brasileiro. A partir da pesquisa histórica sobre as favelas, a análise constrói uma escala de comparação entre os associativismos do Rio de Janeiro e de Belo Horizonte.

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, Maurício de Almeida. Da habitação ao habitat: a questão da habitação popular no Rio de Janeiro e sua evolução. Revista Rio de Janeiro, Rio de janeiro, n. 10, 2003.

_______. Evolução Urbana do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: IPLANRIO, 2010.

AFONSO, Maria Rezende; AZEVEDO, Sérgio de. Cidade, Poder Público e Movimento dos favelados. In: POMPERMAYER, Malori José Jr. Movimentos Sociais em Minas Gerais: Emergência e Perspectiva. Belo Horizonte: UFMG, 1987. p. 112-130.

AMOROSO, Mauro. Caminhos do lembrar: a construção e os usos políticos da memória no Morro do Borel. 2012. 265f. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais do Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil, Rio de Janeiro.

BONDUKI, Nabil. Origens da habitação social no Brasil. 4. ed. São Paulo: Estação Liberdade, 2004.

BOSCHI, Renato Raul. A arte do associativismo: política de base e democracia no Brasil. São Paulo/Rio de Janeiro: Vértice/IUPERJ, 1987.

BURGOS, Marcelo. Dos parques proletários ao Favela-Bairro: as políticas públicas nas favelas do Rio de Janeiro. In: ALVITO, Marcos; ZALUAR, Alba (Org.). Um século de favela. 5. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2006. p. 25-60.

CAPELATO, Maria Helena Rolim. Populismo latino-americano em discussão. In: FERREIRA, Jorge (Org.). O Populismo e sua história: debate e crítica. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001. p. 125-167.

CEFAÏ, Daniel (Org.). Cultures Politiques. Paris: PUF, 2001.

CEFAÏ, Daniel, MELLO, Marco Antônio S., VEIGA, Felipe B. & MOTA, Fábio. Arenas públicas: por uma etnografia da vida associativa. In: Arenas Públicas – Por uma etnografia da vida associativa. Niterói-Rio de Janeiro: EdUff, 2011. P.9-63.

COELHO, Franklin Dias. História Urbana e movimentos sociais: O Movimento de Reforma Urbana (1950-1990). 1996. 440f. Tese (Doutorado). Universidade Federal Fluminense, Niterói.

CUNHA, Alisson Veloso. A Favela Cabana do Pai Tomás: Ocupação Consentida – Memória e História. 2003. 155f. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia.

DUARTE, Adriano & FONTES, Paulo. O Populismo visto da periferia: adhemarismo e janismo nos bairros da Mocca e São Miguel Paulista (1947-1953). Cadernos Arquivo Edgard Leuenroch, v. 11, n. 20/21, p. 87-119, 2004.

FERREIRA, Jorge. O nome e a coisa: o populismo na política brasileira. In: FERREIRA, Jorge. O Populismo e sua história: debate e crítica. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001. p. 17-59.

FERREIRA, Marieta de M. & DANTAS, Camila G. Os apaziguados anseios da Terra Carioca – lutas autonomistas no processo de redemocratização de 1945. In: FERREIRA, Marieta de Moraes (org.). Rio de Janeiro: uma cidade na história. Rio de Janeiro: FGV, 2000. p.59-79.

FISCHER, Brodwyn. A poverty Rights: Citizenship and Inequality in Twentieth-Century Rio de Janeiro. Standford/Califórnia: Standford University Press, 2008.

______. Democracy, Thuggery and the Grassroots: Antoine Magarinos Torres and the União dos Trabalhadores Favelados in the Age of Carioca Populism , Nuevo Mundo Mundos Nuevos, 2013. Disponível em: https://nuevomundo.revues.org/64840?lang=pt#quotation. Acesso em: 04/10/2017.

FONTES, Paulo. Um nordeste em São Paulo: trabalhadores migrantes em São Miguel, Rio de Janeiro: FGV, 2010.

FORTES, Alexandre. Formação de classe e participação política: E.P. Thompson e o populismo. Anos 1990. Porto Alegre, v.17, n.31, p.173-195, jul.2010.

GOMES, Angela de Castro. O populismo e as Ciências Sociais no Brasil. In: FERREIRA, Jorge (Org.). O Populismo e sua história: debate e crítica. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001. p. 17-59.

______. Reflexões em torno de populismo e trabalhismo. Varia História, Belo Horizonte, nº28, p.55-68, dez.2002.

______. A invenção do Trabalhismo. 3. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2005a.

GONÇALVES, Rafael Soares. Favelas do Rio de Janeiro: História e direito. Rio de Janeiro: Puc-Rio/Pallas, 2013.

GOHN, Maria da Glória. 500 anos de lutas sociais no Brasil: movimentos sociais, ONGs e terceiro setor. Revista Mediações, Londrina, v.5, n.1, p.11-40, jan./jun.2000.

GUIMARÃES, Berenice Martins. Cafuas, barracos e barracões Belo Horizonte, cidade planejada. 1991. Tese (Doutorado) – Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

_______. Favelas em Belo Horizonte: tendências e desafios. Análise & Conjuntura, Belo Horizonte, v. 7, n. 2-3, p. 11-18. Maio/dez.1992.

KNAUSS, Paulo & BRUM, Mário S. Encontro marcado: a favela como objeto da pesquisa histórica. In: MELLO, M, MACHADO DA SILVA, L.A, FREIRE, L. & SIMÕES, S.S (orgs.). Favelas cariocas ontem e hoje. Rio de Janeiro: Garamond, 2012. p.101-121.

LEEDS, Anthony; LEEDS, Elizabeth. A sociologia do Brasil urbano. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

LEITE, Márcia Pereira; MACHADO DA SILVA, Luiz Antônio. Favelas e Democracia: Temas e problemas da ação coletiva nas favelas cariocas. In: INSTITUTO BRASILEIRO DE ANÁLISES SOCIAIS E ECONÔMICAS. RIO: Democracia Vista de Baixo. Rio de Janeiro: Ibase, 2004. p. 61-78.

LIMA, Nísia Trindade. O movimento de favelas no Rio de Janeiro: políticas do Estado e lutas sociais (1954-1973). 1989. 233f. Dissertação (Mestrado). Instituto Universitário de Pesquisa do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

MACHADO DA SILVA, Luiz Antônio. A continuidade do “Problema da favela”. In: OLIVEIRA, Lúcia Lippi (Org.). Cidade: história e desafios. Rio de Janeiro: FGV, 2002. p. 221-237.

_______. A Política na favela. Cadernos Brasileiros, ano IX, n. 41, p. 35-47, maio/junho de 1967.

NEGRO, Antônio Luigi. Paternalismo, populismo e história social. Cadernos Arquivo Edgard Leuenroth, Campinas, v. 11, n. 20-21, p. 13-36, 2004.

OLIVEIRA, Samuel S.R. O movimento de favelas de Belo Horizonte: (1959-1964). Rio de Janeiro: E-papers, 2010.

_______. Os “trabalhadores favelados”: o processo de identificação das favelas e movimentos sociais no Rio de Janeiro e Belo Horizonte. 2014. 333 fls. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais do Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil, Rio de Janeiro.

PANDOLFI, Dulce Chaves; GRYNSZPAN, Mário. Poder público e favela: uma relação delicada. In: OLIVEIRA, Lúcia Lippi (Org.). Repensando a Cidade: história e desafios. Rio de Janeiro: FGV, 2002. p. 238-255.

PAOLI, Maria Celina; SADER, Eder. Sobre classes populares no pensamento social brasileiro: notas de leitura sobre acontecimentos recentes. In: CARDOSO, Ruth (Org.). A aventura antropológica, teoria e pesquisa. São Paulo: Paz e Terra, 1986. p. 39-68.

PESTANA, Marco. Os trabalhadores favelados e a luta contra o controle negociado nas favelas cariocas (1954-1964). Rio de Janeiro: Editora UFF, 2016.

REIS FILHO, Daniel. O colapso do populismo ou A propósito de uma herança maldita. In: FERREIRA, Jorge (Org.). O Populismo e sua história: debate e crítica. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001. p. 319-377.

RIBEIRO, Luiz César de Queiroz. Dos cortiços aos condomínios fechados: As formas de produção da moradia na cidade do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira/IPPUR/UFRJ/FASE, 1997.

ROLNIK, Raquel. A cidade e a lei: legislação, política urbana e territórios na cidade de São Paulo. 3. ed. São Paulo: Fapesp/Nobel, 2003.

SILVA, Regina Helena. O Legislativo e a cidade: domínios da construção do espaço público. Belo Horizonte: Câmara Municipal, 1998.

SOMARRIBA, Maria das Mercês G.; VALADARES, Maria Gezica & AFONSO, Mariza Rezende. Lutas urbanas em Belo Horizonte. Petrópolis: Vozes, 1984.

TARROW, Sidney. O poder em movimento. Petropolis: Vozes, 2009

TILLY, Charles. Contentious Repertories in Great Britain, 1785-1834. In: TRAUGOTT, Mark (org.). Repertoires and cycles of collective action. Durham: Duke University Press, 1995.

VALLADARES, Lícia do Prado; MEDEIROS, Lídia. Pensando as favelas do Rio de Janeiro (1906-2000): uma bibliografia analítica. Rio de janeiro: Relume Dumará/FAPERJ, 2003.

Fontes primárias

A TIJUCA e a Federação dos Amigos de Bairro. Tribuna da Imprensa. Rio de Janeiro, 31/04/1959, p. 6

ATA DE ASSEMBLEIA Geral da Vila Frei Josafá, 19/10/1964. ARQUIVO PÚBLICO MINEIRO. Fundo DOPS. Arq. Pasta 0121.

BAIRROS e Vilas em reunião hoje. Diário da Tarde. Belo Horizonte, 17/08/1963, p. 2

CAMARA MUNICIPAL. Projeto de Lei nº 142. Autoriza cessão de terrenos pertencentes à Prefeitura ao DBHP para os fins mencionados, 1963. ARQUIVO PÚBLICO DA CIDADE DE BELO HORIZONTE. Fundo Câmara Municipal. Arq. Rolo 05.

CAMPANHA dos Comitês de bairros contra o aumento de passagens e ônibus. Diário da Tarde, 08/07/1963, p. 2

CONCENTRAM-SE, na Câmara, favelados da Independência. Imprensa Popular. Rio de Janeiro, 19/02/1955, p. 2

CONVITE DA UNIÃO dos Trabalhadores Favelados, 1954. ARQUIVO PÚBLICO DO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Fundo Divisão de Polícia Política e Social. Arq. Pasta 1046.

CONVITE, 1963. ARQUIVO PÚBLICO MINEIRO. Fundo DOPS. Arq. Pasta 0120.

FAVELA EM REVISTA. O Barraco – órgão da Federação dos Trabalhadores Favelados de Belo Horizonte. In: Binômio, Belo Horizonte, 13/08/1962, Caderno 3, p. 3

LEI DE PROTEÇÃO dos Trabalhadores Favelados, 1954. ARQUIVO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Fundo DPS. Arq. Pasta 1046.

MAIS UNIDOS favelados na defesa de seus lares. Imprensa Popular. Rio de Janeiro, 08/02/1955, p. 8.

MOREL, Edmar. Xarope não resolve drama de favela. Última Hora. Rio de Janeiro, 05/11/1955, p. 6.

PAZ e Sossego para moradores das favelas. Última Hora. Rio de Janeiro, 17/11/1954. p. 6.

PREZADO LEITOR. Tribuna da Imprensa. Rio de Janeiro, 03/04/1958, p. 3.

SOCIEDADE de Bairros realiza congresso – declaração de princípios nacionalistas. Novos Rumos. Rio de Janeiro, 07 a 13/8/1959, p. 10




Direitos autorais 2018 Revista Estudos Históricos

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Revista Estudos Históricos
Uma publicação do Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais (PPHPBC) da Escola de Ciências Sociais (CPDOC) da Fundação Getulio Vargas (FGV)
 

eh@fgv.br