Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

Entrevista com Robert Frank

Alexandre Moreli

Resumo


Nascido em 28 de janeiro de 1944 na Escócia, filho de mãe escocesa e pai polonês, Robert Frank fez seus estudos na França e na Inglaterra, tornando-se um historiador especializado em Relações Internacionais e herdeiro de uma das mais antigas tradições nesse domínio. É professor de História desde 1968, obteve o título de doutor em 1978 e a habilitação para conduzir pesquisas em 1990. Lecionou na Université Paris X-Nanterre de 1977 a 1991 e foi diretor do Instituto de História do Tempo Presente de 1991 a 1994. Nesse último ano começou a lecionar História das Relações Internacionais na Université Paris I – Panthéon-Sorbonne, tornou-se diretor do Mestrado em Relações Internacionais e assumiu também a direção do Institut Pierre Renouvin e do laboratório de pesquisas Identités, Relations Internationales e Civilisations de l’Europe do Centre National de la Recherche Scientifique. De 2010 a 2015 foi Secretário Geral do Comitê Internacional de Ciências Históricas. É autor de diversas obras, entre elas Le prix du réarmement français (1935-1939), Turbulente Europe et nouveaux mondes (1914-1941), La loi des géants (1941-1964) e La hantise du déclin, na qual o sintetiza seus trabalhos anteriores sobre as relações de segurança, poder e identidade no contexto do declínio da França entre 1914 e 2014. Atualmente, é professor emérito da Université Paris I - Panthéon-Sorbonne e membro da Comissão de Arquivos Diplomáticos do Ministério dos Assuntos Estrangeiros da França.


Texto completo:

PDF


Revista Estudos Históricos
Uma publicação do Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais (PPHPBC) da Escola de Ciências Sociais (CPDOC) da Fundação Getulio Vargas (FGV)
 

eh@fgv.br