Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

Reflexões sobre as roças em São Tomé e Príncipe

Marina Berthet

Resumo


O artigo tem como objetivo apresentar elementos constitutivos da história de São Tomé e Príncipe, segundo menor país do continente africano, que tem como língua oficial o português. Diversas leituras e dados coligidos auxiliaram na redação do texto, que define e contextualiza o universo do sistema latifundiário colonial construído nas duas ilhas e apresenta escolhas políticas e sociais realizadas em função desse sistema ao longo de sua história.

Palavras-chave


São Tomé e Príncipe; roças; reforma agrária; história; colonização; cultura

Texto completo:

PDF


Direitos autorais

Revista Estudos Históricos
Uma publicação do Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais (PPHPBC) da Escola de Ciências Sociais (CPDOC) da Fundação Getulio Vargas (FGV)
 

eh@fgv.br