Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

Impactos macroeconômicos do choque fiscal de 2015: A regularização de despesas públicas não contabilizadas

Marco A. F. H. Cavalcanti, Luciano Vereda, Rafael Zanderer, Matheus Rabelo

Resumo


O trabalho analisa os impactos macroeconômicos da explicitação e regularização, ao longo de 2015, de despesas públicas não contabilizadas no passado, a partir de um modelo DSGE adequado ao caso brasileiro com setor público detalhado. A gradual explicitação da existência e magnitude desses passivos fiscais configurou uma série de “choques informacionais” para os agentes privados. Resultados de simulação indicam que esses choques - e o ajuste fiscal implementado para contrabalançá-los - teriam gerado efeitos macroeconômicos relevantes, com queda do produto e aumento da inflação, e que a protelação do ajuste - ou a adoção de um ajuste mais “brando” no curto prazo - teriam prejudicado ainda mais o desempenho econômico.

Palavras-chave


Modelos DSGE; política fiscal; transparência fiscal

Texto completo:

PDF


Fundação Getulio Vargas  EPGE - Praia de Botafogo 190, 11º andar - Tel.: (21) 3799-5831

 

ISSN 0034-7140 (print) ISSN 1806-9134 (online)