Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

SPREAD BANCÁRIO E ENFORCEMENT CONTRATUAL: HIPÓTESE DE CAUSALIDADE REVERSA E EVIDÊNCIA EMPÍRICA

Bruno Meyerhof Salama

Resumo


O consenso da literatura é o de que o baixo nível de enforcement dos contratos e garantias seja uma causa importante do alto spread bancário no Brasil. No entanto, por conta de uma dinâmica de causalidade reversa, pode haver uma endogeneidade na estimação deste efeito causal. O presente trabalho formula esta hipótese, apresenta evidência empírica preliminar e retira implicações normativas. Ao final, apresenta lições úteis para a análise econômica do direito e do Poder Judiciário.


Palavras-chave


spread bancário, viés judicial, Direito e Economia

Texto completo:

PDF


Fundação Getulio Vargas / EPGE - Praia de Botafogo 190, 11º andar - Tel.: (21) 3799-5831

 

e-ISSN 0034-7140