Using normalized equations to solve the indetermination problem in the Oaxaca-Blinder decomposition: an application to the gender wage gap in Brazil

Autores

  • Luiz Guilherme Scorzafave Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
  • Elaine Toldo Pazello Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Resumo

Há centenas de trabalhos que implementam a decomposição de Oaxaca-Blinder. Entretanto, esta decomposição não é invariante à escolha dos grupos de referência quando variáveis binárias são utilizadas como regressores. Este artigo aplica a solução proposta por Yun (2005a, 2005b) para este problema de identificação à estimação do diferencial de salários por sexo no Brasil. A crescente diferença entre homens e mulheres no coeficiente da regressão associado ao trabalho em meio período vem contribuindo para reduzir o diferencial de salários por sexo. Outros estudos já realizados no Brasil que não utilizaram qualquer correção do problema de identificação, encontraram resultados diferentes.

Biografias Autor

Luiz Guilherme Scorzafave, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

possui doutorado em Economia pela USP (2004). Atualmente é professor do Departamento de Economia da FEARP/USP. Suas principais áreas de pesquisa são economia de gênero, participação no mercado de trabalho, desigualdade de renda, ténicas de decomposição da desigualdade, avaliação de políticas e mercado de trabalho.

Elaine Toldo Pazello, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

possui graduação em Economia pela FEA-RP / USP (1996), mestrado em Economia pela PUC-RJ (1999) e doutorado em Economia pela FEA-USP (2004). Atualmente é professora do Departamento de Economia da FEA-RP / USP. Suas principais áreas de pesquisa são: economia da educação, economia do trabalho, pobreza e distribuição de renda.

Publicado

07-07-2007

Edição

Seção

Artigos