Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista Acadêmica Observatório de Inovação do Turismo é uma iniciativa do Núcleo de Turismo, da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas, da Fundação Getulio Vargas (FGV), em parceria com o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), criada com o propósito de servir ao debate de temas relacionados à gestão pública e privada do turismo, orientados para o equilíbrio entre as abordagens teórica e prática.

A Revista, editada semestralmente a partir de 2013, está dividida em três seções: artigos, estudos de caso e ensaios teóricos; resenhas de livros e entrevistas. Seu público-alvo é constituído por professores, pesquisadores, estudantes, profissionais e pessoas interessadas na literatura do turismo. A missão da revista é estimular a produção e disseminação de conhecimentos sobre turismo que possam contribuir para atividades acadêmicas e ações em organizações públicas e privadas.

A revista ficou sob a responsabilidade da FGV até o Vol. IX, No. 1 de 2015.

 

Políticas de Seção

Artigo

Insira aqui a política desta seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenha Bibligráfica

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Editorial

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Ensaios

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos, estudos de caso e ensaios teóricos devem ser inéditos e não deverão estar em processo de avaliação em nenhuma outra publicação. Serão aceitos trabalhos em português, espanhol e inglês, de acordo com as normas de publicação.

O processo de avaliação dos trabalhos percorrerá as seguintes etapas:

  • Avaliação pelo Conselho Editorial da revista, que irá examinar sua adequação à linha editorial;
  • Avaliação na forma de double blind review.
  • Revisão ortográfica e gramatical pela editora do periódico. Inclusões ou modificações não serão permitidas nesta etapa;
  • O prazo previsto para o parecer é de 90 dias, contados a partir de seu recebimento. Os autores serão comunicados por email.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Política Editorial

A Revista Acadêmica Observatório de Inovação do Turismo é dedicada à publicação de obras de especialistas de diversas áreas de atuação com as quais o turismo possa interagir.

Os artigos, estudos de caso e ensaios teóricos devem abordar, principalmente, aspectos econômicos, políticos, ambientais, sociais, culturais e educacionais, relacionados à gestão pública e privada do turismo, que estimulem análises e reflexões sobre o tema proposto ou que contenham uma perspectiva inovadora.

Os artigos são textos que apresentam e discutem idéias, métodos, técnicas, processos e resultados nas diversas áreas do conhecimento; devem ser fundamentados por ampla pesquisa bibliográfica e rigor metodológico.

Os estudos de caso são relatos de experiências, apresentados com base em uma análise crítica, fundamentada, com o objetivo de proporcionar reflexões que possam subsidiar o aperfeiçoamento de ações e contribuir para o processo de aprendizagem dos leitores.

Os ensaios teóricos são artigos onde predomina a discussão de temas importantes na atualidade, caracterizados por abordagens criativas, de modo a oferecer alternativas originais e viáveis para a evolução dos estudos em determinada área. Os ensaios devem ser trabalhos consistentes, embora sem a necessidade de uma preocupação empiricista ou da utilização de método científico.

A seção de resenha de livros tem como objetivo apresentar publicações recentes na área de turismo, de caráter técnico ou científico, nacionais ou estrangeiras, que ofereçam uma análise crítica quanto à contribuição da obra ao campo de atuação a que se refere.