Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Revista Brasileira de Casos de Ensino em Administração?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

O caso de ensino a ser submetido para a GVcasos deve constar de duas partes, a saber:

1 – CASO:

Esta parte deve conter um mínimo de 3 (três) e um máximo de 20 (vinte) páginas, incluindo eventuais tabelas e/ou figuras e apoio. Deve conter uma exposição, com texto claro e fluente, que descreva um contexto de tomada de decisão e um problema decisório real. O caso deve ser documentado com dados e datas reais.

Estrutura sugerida para o corpo do caso
:
(a) Descrição inicial do contexto e do problema (apresentação dos personagens envolvidos, contexto de tomada de decisão etc);
(b) Background da empresa objeto do caso (histórico, setor de atividade, principais produtos/mercados, indicadores financeiros etc);
(c) Descrição detalhada do contexto e do problema. Nesta parte, deverão ser sinalizadas potenciais alternativas de decisão, sem a necessidade de esgotar alternativas possíveis, que poderão ser geradas pelos alunos na atividade de discussão do caso.
(d) Fechamento do caso, estimulando o leitor a pensar sobre o futuro da empresa considerando o descrito e os cenários derivados da situação de decisão que se apresenta. É importante enunciar ao final do texto um conjunto de questões para discussão. Tais questões servem como um guia para os alunos melhor estruturarem o problema, e auxiliam o professor na aplicação do caso de ensino em sala de aula.

2 – NOTAS DE ENSINO:

Todos os casos de ensino submetidos à GVcasos deverão ser acompanhados das respectivas notas de ensino, que atenderão aos seguintes requisitos:
(a) As notas de ensino deverão conter exposição teórica do assunto relativo ao caso de ensino, entendendo-se por exposição teórica a exploração do arcabouço conceitual necessário à exploração ou discussão do caso. Naturalmente, o volume de conceitos tratado na exposição teórica variará conforme o caso de ensino e sua área de escopo.
(b) As notas de ensino também deverão contemplar aspectos pedagógicos relativos à aplicação do caso de ensino em sala de aula. Os aspectos pedagógicos podem conter sugestões de dinâmicas de discussão do caso de ensino; a relação entre a dinâmica sugerida e os objetivos do caso; comportamentos esperados por parte dos alunos a partir da discussão; sugestões de utilização do espaço da lousa por parte do professor; etc. Em suma, as notas de ensino devem conter sugestões de uso do caso em sala de aula e colaborar para a obtenção de resultados didáticos.
(c) Análise das possíveis alternativas de decisões/soluções da situação organizacional enfocada no texto do caso, de forma a apoiar o trabalho do professor que aplicará o caso e colaborar com a obtenção de resultados relevantes na utilização do caso de ensino como instrumento didático.
(d) Registro de referências bibliográficas pertinentes aos conceitos abordados na exposição teórica. Citações e referências devem aparecer apenas nas notas de ensino, nunca no corpo do caso.


 

FORMATAÇÃO DE CASOS E NOTAS DE ENSINO

Ambas as partes que compõem o caso submetido – corpo do texto e notas de ensino – devem constar no mesmo arquivo (extensão “.doc” ou ”.docx”).


Formatação geral
- Língua de publicação: Português e inglês.
- Autoria: Para preservar o anonimato, a identificação de autoria fica restrita ao formulário de cadastro no sistema de submissão de artigos. Não deve haver identificação do(s) autor(es) ao longo do artigo e nas “propriedades” do Word.
- Extensão: Máximo de 10.000 palavras, incluindo eventuais tabelas e/ou figuras, anexos/apêndices e as notas de ensino.
- Editor de texto: Word do Office 2003 ou posterior.
- Papel: A4 (29,7 x 21 cm).
- Fonte: Times New Roman, tamanho 12.
- Alinhamento: Justificado.
- Espaçamento entre linhas: 1,5.
- Parágrafos: Primeiro parágrafo de cada seção sem recuo, os demais recuos de 1,25 cm.
- Margens: superior 3cm, inferior 2cm, direita 2cm, esquerda 3cm.
- Tabelas e figuras: Devem ser numeradas sequencialmente e inseridas no fim do documento.
- Notas de rodapé ou de final de texto: evitar o uso de ambas.
Título, resumo e palavras-chave
- Título, resumo e palavras-chave devem ser submetidos em português e inglês.
- Título: Caixa alta + negrito. Máximo de 80 caracteres com espaço.
- Título (segunda língua): Caixa alta/baixa + negrito. Máximo de 80 caracteres com espaço.
- Resumo: Máximo de 100 palavras, em português e inglês, em parágrafo único.
- Palavras-chave: Cinco palavras-chave, separadas por vírgula, em português e inglês.
Referências

A GVcasos adota as normas da American Psychological Association (APA) para formatação de citações e referências. Para consultar as normas clique aqui.


 

Declaração de Direito Autoral

A FGV-EAESP/RAE detém os direitos patrimoniais dos artigos que publica, inclusive os de tradução e adota a Licença de Atribuição (BY) do Creative Commons (http://creativecommons.org/licenses/by/3.0) em todos os trabalhos publicados, exceto quando houver indicação específica de outros detentores de direitos autorais. Em caso de dúvidas, solicitamos consultar a Redação (gvcasos.redacao@fgv.br).

 

 

Política de Privacidade

 

 

Quando você inicia sua navegação ao nosso portal é capturado seu IP e adicionado um cookie em sua máquina. O Endereço de IP é um endereço numérico determinado em seu computador, sendo usado por nós para propósitos de segurança.

 

O Cookie é um ponto eletrônico que servirá para capturar dados não sigilosos (browser utilizado, versão, definição do monitor e comportamento em nosso portal) de seu equipamento visando entender seu comportamento e lhe proporcionar uma melhor experiência na navegação. Cabe destacar que tais dados não são utilizados separadamente e sim em conjunto com outros usuários, resultando na sua não individualização, resguardando sua privacidade. A qualquer momento você poderá, por meio de seu navegador, apagar esse cookie.

 

Coletamos em algumas partes de nosso portal, de forma totalmente espontânea e com o seu consentimento, dados pessoais como nome, telefone, email, empresa, cidade e estado caso queira receber maiores informações sobre cursos, produtos e serviços da Fundação. Tal necessidade se faz presente com o intuito de fornecermos um material otimizado ao seu interesse, além de facilitar seu contato e esclarecimento de dúvidas.

 

Há no portal da Fundação Getulio Vargas algumas áreas de uso restrito, sendo seu acesso por meio de senhas concedidas pela instituição. Cabe ao usuário nos contatar, pelo e-mail marketing@fgv.br, caso sua conta tenha sido acessada por terceiros ou sem a sua permissão. O usuário também se compromete a não deixar sua conta aberta enquanto não a estiver utilizando e sempre que sair do computador, para evitar que terceiros a acessem.

 

Garantimos que somente a Fundação Getulio Vargas tem acesso às suas informações coletadas sendo que não serão reveladas a terceiros, salvo com sua permissão ou por força da lei, por ordem de autoridade competente ou

judicialmente.

 

Conforme o seu interesse demonstrado durante sua navegação em nosso portal, poderemos lhe enviar e-mails com novas informações sobre produtos e serviços. Nenhuma outra empresa está habilitada a enviar e-mails em nome da Fundação Getulio Vargas e, caso não queira mais receber nossos e-mails, nos rodapés haverá sempre a opção de se descadastrar da lista, cessando o envio, em até dois dias úteis ou até em cinco dias úteis quando solicitado por outros meios.

 

Os referidos emails, que poderão conter anexos, sempre serão de fácil  identificação do remetente, conterão endereço de email válido para contato e seu assunto estará relacionado ao conteúdo da mensagem.

 

A FGV é a única e exclusiva detentora da propriedade intelectual dos documentos disponibilizados em seu website e, quando assim não o for, constará ostensivamente no documento disponibilizado o nome do detentor da  propriedade intelectual do mesmo.

 

O usuário, neste ato, declara estar ciente de que o uso das informações contidas no website é exclusivo para fins não comerciais, não sendo permitida a sua divulgação sem autorização prévia e expressa da FGV.

 

A FGV não se responsabiliza pelo conteúdo, política de privacidade, e demais corelatos, dos websites dos links por ela disponibilizados.

 

A FGV incentiva o desenvolvimento e aplicação do Código de Autoregulamentação para a Prática de Email Marketing e, desde já, declara que envidará os seus melhores esforços para que toda forma de comunicação

eletrônica da Fundação esteja adequada aos parâmetros indicados pela autoregulamentação, para que um email seja considerado como eticamente correto.

 

Esta política poderá mudar ao longo do tempo. Dessa forma, pedimos que a verifique periodicamente.