Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

O estado da arte da capacidade institucional: uma revisão sistemática da literatura em língua portuguesa

Douglas Gomes Martins

Resumo


Genericamente, a capacidade institucional (CI) dos governos é compreendida como o conjunto de capacidades das instituições para a consecução dos objetivos públicos. Contudo, as conceituações disponíveis na literatura mostram grande variação. O objetivo deste estudo consistiu na desagregação do constructo capacidade institucional em suas dimensões constitutivas. A busca de variáveis (proxies) atinentes ao contexto brasileiro e que possibilitem, empiricamente, a mensuração e operacionalização da CI se deu mediante extensa revisão de literatura a partir de 3 perspectivas: a) a análise da rede de autores teve por objetivo elucidar quais são o(s) pesquisador(es) de referência nos estudos sobre a CI; b) a técnica de classificação hierárquica descendente (CHD) teve por objetivo distinguir, caso existam, as classes que representam formas distintas de discurso sobre o conceito de CI; e c) a técnica de árvore de palavras possibilitou a visualização das conexões identificadas entre a palavra-chave, capacidade institucional, e todo o corpus textual. Conclui-se que é possível avançar empiricamente nos estudos sobre a CI a partir do exame das dimensões fiscal, administrativa e política dos governos.

Palavras-chave


Capacidade institucional. Revisão sistemática. Classificação hierárquica descendente. Análise de redes. Árvore de palavras.

Texto completo:

PDF


Apoio
        
Rua Jornalista Orlando Dantas, 30 - sala 107, Botafogo - Rio de Janeiro - RJ/Brasil  CEP: 22231-010 | Telefone: +55 (21) 3083-2731 | E-mail: cadernosebape@fgv.br