Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

A construção da identidade profissional: estudo com gestoras das gerações Baby Boomers, X e Y

Marlene Catarina de Oliveiras Lopes Melo, Vilma Santos Pereira Faria, Ana Lúcia Magri Lopes

Resumo


O objetivo deste estudo foi o de analisar a construção da identidade profissional de mulheres pertencentes as gerações Baby Boomers, X e Y, que atuam como gerentes. Em termos metodológicos, este estudo adotou uma abordagem qualitativa-descritiva e entrevistou 32 mulheres que atuam como gerentes em diversificados setores da economia, localizados na cidade de Belo Horizonte. O grupo entrevistado foi constituído por 6 gestoras da geração Baby Boomers, 11 da geração X e 15 da geração Y. Os dados foram analisados considerando as seguintes categorias propostas por Hill (1993): “aprender o que significa ser gerente”, “desenvolver julgamentos interpessoais”, “adquirir autoconhecimento”, “lutar contra as tensões e emoções” e “gerenciar as transformações”. Como principal achado, observou-se que, embora as gerações em estudo apresentem características distintas, como modo de pensar, agir e ver o mundo, tais diferenças pouco interferem no processo de construção da identidade gerencial.


Palavras-chave


Identidade profissional. Gerentes. Gerações.

Texto completo:

PDF PDF (English)


Apoio
        
Rua Jornalista Orlando Dantas, 30 - sala 107, Botafogo - Rio de Janeiro - RJ/Brasil  CEP: 22231-010 | Telefone: +55 (21) 3083-2731 | E-mai: cadernosebape@fgv.br