Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

Estrutura de classe e mobilidade social no processo de inserção profissional de jovens no Brasil: reflexões e agenda de pesquisa

Bibiana Volkmer Martins, Camila Scherdien, Sidinei Rocha-de-Oliveira

Resumo


Diante do contexto de aumento do número de matrículas no Ensino Superior brasileiro e do discurso organizacional de falta de mão de obra qualificada no mercado de trabalho brasileiro, cresce a importância de estudos acerca de inserção profissional no país. Contudo, grande parte dos já existentes se refere a pesquisas empíricas, sem contemplar particularidades como as especificidades socioeconômicas e a recente expansão do Ensino Superior. Assim, este artigo discute o processo de inserção profissional integrando-o aos conceitos de mobilidade e classe social, à luz das teorias de Pierre Bourdieu e Jessé Souza. A partir disso, propõe-se que a inserção profissional seja analisada como um momento que pode aumentar as chances de mobilidade social, levando-se em conta as singularidades históricas e sociais do Brasil nessa construção. Tal entendimento pode contribuir para o desenvolvimento de uma teoria acerca da inserção profissional no país, ao evidenciar a existência de outros elementos, para além da formação, que podem interferir nesse processo, rebatendo o discurso da meritocracia individual no acesso dos jovens ao mercado de trabalho.


Palavras-chave


Mercado de trabalho. Inserção profissional. Classe social. Mobilidade social. Jovens.

Texto completo:

PDF PDF (English)


Apoio
        
Rua Jornalista Orlando Dantas, 30 - sala 107, Botafogo - Rio de Janeiro - RJ/Brasil  CEP: 22231-010 | Telefone: +55 (21) 3083-2731 | E-mai: cadernosebape@fgv.br