Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

Impacto do BNDES na eficiência da indústria siderúrgica: aplicação do modelo Malmquist de dois estágios

Ricardo Kalil Moraes, Peter Fernandes Wanke

Resumo


Utilizando o modelo Malmquist de análise envoltória de dados (Data Envelopment Analysis – DEA) de dois estágios, este artigo busca avaliar como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) impacta o desempenho da indústria siderúrgica. Para tanto, são conduzidas a decomposição do índice de Malmquist e a regressão não linear robusta para testar o impacto das variáveis contextuais consideradas. A hipótese da pesquisa de impacto positivo sobre a indústria siderúrgica não é suportada pelos resultados do modelo, indicando um coeficiente negativo sobre o efeito catching up. Pode-se destacar poucos exemplos de pesquisa quantitativa sobre o tema, a maioria com foco teórico ou qualitativo. Este artigo contribui com o campo de pesquisa ao adotar uma metodologia estabelecida para a identificação e a mensuração do desempenho de eficiência das firmas. Entretanto, em razão de limitações da amostra selecionada e da metodologia aplicada, há necessidade de novas pesquisas, principalmente para avaliar os resultados sociais desse tipo de política pública.


Palavras-chave


BNDES. Índice de Malmquist. Eficiência. Indústria siderúrgica.

Texto completo:

PDF PDF (English)


Apoio
        
Rua Jornalista Orlando Dantas, 30 - sala 107, Botafogo - Rio de Janeiro - RJ/Brasil  CEP: 22231-010 | Telefone: +55 (21) 3083-2731 | E-mai: cadernosebape@fgv.br