Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

A positividade da emoção na prática da pesquisa social em organizações

Yára Lúcia Mazziotti Bulgacov, Fabio Vizeu

Resumo


Um problema corrente na produção do conhecimento científico é o mito da racionalidade na prática da pesquisa, pois, ainda que adote uma concepção de homem concreto que age sobre o mundo, não podemos deixar de considerar a dimensão da emoção, cuja mediação é inevitável. Nesse sentido, é preciso considerar a ideia da indissociabilidade entre razão e emoção no processo de conhecer. O presente trabalho traz a contribuição da psicologia sociocultural e histórica para o debate metodológico dos estudos organizacionais, particularmente quanto ao problema das concepções de homem e da produção do conhecimento na pesquisa social. O principal argumento, neste artigo, é o da positividade da emoção na prática de pesquisa social. Após a discussão teórica e conceitual, apresentamos o relato da experiência de um dos autores, que desenvolveu uma pesquisa em um hospital psiquiátrico, revelando empiricamente a construção do saber científico pela implicação e emotividade do pesquisador.

Texto completo:

PDF


Apoio
        
Rua Jornalista Orlando Dantas, 30 - sala 107, Botafogo - Rio de Janeiro - RJ/Brasil  CEP: 22231-010 | Telefone: +55 (21) 3083-2731 | E-mai: cadernosebape@fgv.br